Apoiam este projeto:

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Giro crítico e noticioso


(J.Lemes)
Logo teremos uma baita safra de soja jorrando grãos nos silos da região, caso da Agrosolo, de Santiago (foto). 

A Coopatrigo, por exemplo, tem uma capacidade enorme, mesmo assim, poderá alugar outros silos de tanto que vai receber soja.

Enquanto isso, a velha Tritícola vai vendendo o que restou de uma potência regional. 

Hoje começaram as aulas na rede estadual e, adivinhem: lá vem o Cpers querendo greve. Querem melhores condições de trabalho e o piso nacional. Reivindicação justa, só que em Santiago ninguém paralisou. 

Daqui a uns dias a gasolina estará 5 reais. Quem duvida? E como muitos não conseguem bronquear com o governo, sentam a ripa nos donos de postos. Dizem que em Santiago tem até cartel, com a gasolina acima de 4,12, isso sem a nova suba. 

Pessoal, quem quiser economizar nesta Páscoa, que pinte os ovos. Os que chegaram no mercado estão mais caros 12% e menores.

6 comentários:

  1. São Vicente do Sul, Jaguari, R$ 3.85 o litro da gasolina. Porque em Santiago está R$ 4.12?

    ResponderExcluir
  2. Caramba!!! Chega ser cômico até o jornalista dúvida.. Isso é lógico tá na cara só ir atrás.

    ResponderExcluir
  3. eu nao sabia disso ,gasosa mais barata,santiago nunca da exemplo nao adianta,....

    ResponderExcluir
  4. Palhaçada quem tá no poder são os que rouba do povo, Cambada de bagaceira.

    ResponderExcluir
  5. Vocês não entendem das coisas mesmo, eu vou explicar o porque.Aqui é cidade educadora, só por isso.

    ResponderExcluir
  6. O RS acaba dando exemplos errados a outros estados com essa desmotivação que é imposta aos alunos das escolas, pois, existem alunos que querem estudar mas não conseguem. estado faça força para que os Alunos tenham condições de estudo, não adianta investir em educação, sem ter primeiro a infraestrutura.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta