Apoiam este projeto:

terça-feira, 29 de março de 2016

Assunto enterrado!


Santiago – E o terráqueo Marion do PT andou aterro(rizando) o colega Pelé do PP sobre a terra, cargas de terra. Em pleno uso de suas faculdades terrenas e sentindo-se no seu terreiro, o galo Marion desenterrou a questão e foi logo soterrado pelo oponente, que lhe disse:

“Eu dei carga de terra, mas nunca fui pedir voto a quem ajudei. Já o senhor mandou embora sua assessora Débora depois que toda a família dela trabalhou por sua eleição. Também é mal-acostumado a ir na Lopes Peixoto fazer lambança de colegas”.

Obs. Com esta, seria melhor sepultar a história da terra de novo.

5 comentários:

  1. Acho desnecessário mostrar esses bate-bocas, deveria haver uma multa ou algo parecido para manterem a linha... cobrem-se entre si OBRAS, ALGO ÚTIL, ALGUMA FUNCIONALIDADE VOLTADA À CIDADE, por favor, ORGANIZEM-SE! Tratem de necessidades, repartam a carga, essas cobranças, essas coisas perduraram e inimigos surgirão, aí não vão aturar um tapa na cara, uma cuspida, um desaforo... SANTIAGO MERECE EDUCAÇÃO, RESPEITO, DIGNIDADE, HONESTIDADE e, acima de tudo: AÇÃO!

    ResponderExcluir
  2. é a velha historia vota em min que faço a prefeitura trabalhar por ti cidadão eleitor vai la pedir alguma coisa fora do periodo eleitoral e que não seja para o bonitão se aparece algum caminhão da prefeitura a disposição. parece que dar terra em nome do nobre deputado é normal tempos de crise e falta de vergonha seria a prefeitura pra todos ou não ?

    ResponderExcluir
  3. Que enganar quem vereador todo mundo sabe que se elege com a máquina pública.é reu confesso.

    ResponderExcluir
  4. Não seria melhor se ao invés de trocarem farpas em horário de serviço,Os nobres vereadores fiscalizassem o prefeito e apresentassem projetos de lei??. 'É só uma perguntinha'.

    ResponderExcluir
  5. Bando de recalcados....

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta