Subscribe:

Apoiadores:

terça-feira, 29 de março de 2016

Corsan multada em 216 mil


Santiago - A Corsan é empresa do governo estadual e tem a obrigação de fornecer água tratada. No entanto, nos últimos dias ela tem “esgotado” a paciência da população com as constantes falta d’água. Como se não bastasse, ainda atrasa obras e não dá a devida manutenção toda vez que um cano se rompe. Por tudo isso, a prefeitura aplicou duas multas; uma de 144 mil e outra de 72. O prefeito Ruivo diz que se viu obrigado a multar, porque na verdade ele quer mesmo é ver a Corsan fazendo seu trabalho à altura do que os santiaguenses merecem.

12 comentários:

EDEN FLORES disse...

Só falta eles querem aumenta o valor da água daí sim nos tamo lascado

Anônimo disse...

É pouco ainda pelo constrangimento que nós população passamos com a falta de água.

Guilherme Matos disse...

https://m.facebook.com/photo.php?fbid=963552383727447&id=100002180837476&set=a.238138012935558.56227.100002180837476&source=48&ref=bookmarks

Kevin Estevão disse...

E dai vão fazer o que com o valor da multa? Canteiros,vasos para flores ou enfeites pra entrada da cidade?.
Pq melhorias nada, os prejudicados somos nos e quem fatura e a Prefeitura, se quisessem beneficiar o consumidor de alguma forma era só descontar um valor das faturas, todo més vem uma fortuna.

Anônimo disse...

É um absurdo essa falta de água..

juliano dorneles disse...

Quero ver se a conta de água não vai subir esse mes,e no final das contas quem vai pagar essas multas somos nós mesmos....

Anônimo disse...

Quando será a execução ?

Anônimo disse...

Vai saber se é verdade mesmo que a prefeitura multou!!
Tudo farinha do mesmo sacoo...
alias estamos proximos as eleiçõess...
só pra lembrar...

Anônimo disse...

Muito boa a idéia de multar a CORSAN com percentuais de desconto na fatura vindoura toda vez que dormir no ponto com falta de planejamento, organização e água. Beneficia quem realmente é prejudicado.

Anônimo disse...

Queria eu ser o fiscal para aplicar essas multas, saiu batatinha, a minha seria quadruplicada hehehehehe...

Anônimo disse...

Como vemos as datas da notificação são de Março/2016. E antes? Esses problemas persistem há anos. Depois dos alarmes diários e que tomaram essa atitude? Quero ver a conta desse mês.

Anônimo disse...

O importante é pagarmos o que foi oferecido para a gente ou seja a falta de água merece falta de pagamento por uns 3 meses, pois, já que não tivemos um serviço de primeira temos que pagar parcelado e só de segunda.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta