Subscribe:

Apoiadores:

quinta-feira, 10 de março de 2016

Denunciado tabelião que atuou em Santiago

Weizenmann foi denunciado por falsidade ideológica

Porto Alegre - O tabelião Luiz Carlos Weizenmann, chefe do Tabelionato de Notas Weizenmann, está numa encrenca porque um dos seus tabeliães é acusado de lograr várias pessoas, num golpe que pode chegar a 300 mil reais. Weizenmann também foi denunciado e afastado do seu cargo. O cartório que ele dirige está sob a intervenção do Tribunal de Justiça. 

Escrituras falsas
Mais de 30 pessoas pagaram por escrituras falsas ao tabelião substituto Otávio Dirceu Campos do Amaral, já afastado. Ele cobrava as taxas dos clientes e entregava as escrituras sem valor legal, já que nem lançava nos registros do tabelionato. A promotoria diz que o golpe pode ter atingido mais de 100 pessoas.

Presidente da Fecoarti
Luiz Carlos Weizenmann morou e foi dono de cartório em Santiago por muitos anos. Chegou a presidir a Fecoarti. Desde 2006 ele é o presidente do Colégio Notarial, entidade que representa os cartórios no Estado. 

Contraponto de Weizenmann
Weizenmann diz que tomou as medidas quando descobriu os desvios e demitiu os envolvidos. Ele foi denunciado por falsidade ideológica porque atestou o recolhimento do imposto de transferência de uma das escrituras. Afirmou ainda que foi induzido a um erro e que antes de ser afastado, estava providenciando as escrituras para as vítimas,

3 comentários:

Anônimo disse...

Sempre os outros,nunca eles.hahahahahahah me poupe!

Anônimo disse...

Será que esse é do PT também?

Anônimo disse...

Conheço esse tabelião substituto a cerca de 15 anos.
O que foi descoberto não é nem a ponta do Iceberg.

100 vitimas? Só?
Ta faltando investigação aí

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta