Subscribe:

Apoiadores:

terça-feira, 1 de março de 2016

Pérolas da câmara de Santiago

Iluminação e falta d'água, de novo!

Gavioli (PDT) disse que há um ano ele pediu uma lâmpada para a rua Gumercindo Saraiva, 77, e até hoje ninguém foi lá.

Obs. realmente, cobrar dois milhões de iluminação e não trocar um biquinho, isso é demais!

Sandro Palma (PTB) aconselhou os que sofrem com a falta d'água: "Entrem na justiça!". Frisou que há até doenças nos bairros causadas pela água.

Palma ainda saiu com "Marcelo Goski', "parque óleóleo", "presidente de barros"...

Marion (PT) viu outra bobagem e já se agarrou nela; foi o caso de um santiaguense que precisava operar o braço em Santa Maria. "Ele não foi transferido porque seu título não era de Santiago', disse Marion.

Pelé (PP) saltou afirmando que tudo não passou de boataria. Explicou o que houve e ainda deu um pitoco em Marion, como se resolvesse.

O Peru Presidente saiu do poleiro também e adivinhe para quê; para dar uma bicada no baixinho que não deixava o Pelé falar.

Macir Ribeiro  (PMDB) falou que o Rio Grande estará em Santiago para a Festa Campeira. Olha que outro ano anunciaram que o Brasil estaria em Santiago. Aprovaram um gasto medonho que até hoje não prestaram contas e, no frigir dos ovos, o público não passou dos mesmos de sempre.

Gildo Fortes (PP) veio com tudo contra a prefeitura e sacudiu com denúncias de projetos errados e cargos a quem não merece. "O Executivo manda projeto e não sabe o que está mandando", disse, se referindo às diferenças dos preços de mudas de árvores entre hortomercado e secretaria de Meio Ambiente.

Gildo ainda criticou quem escolhe candidatos ruins de voto, que nem para vereador se elegeram. Ele queria que pegassem da câmara. "Os daqui têm voto", diz ele.

Obs. Os da câmara têm voto, sim, porém Gildo esqueceu de que alguns nasceram para ser vereador a vida inteira. E muito mal.

Pra terminar, acusou o prefeito de ter dado teta para uma pessoa que nem do partido é. Terminou mesmo!  

Claro, com essas pauladas todas no prefeito Ruivo, não faltou oportunista para chamá-lo pra outro partido. Mas Gildo garante que é companheiro e que vai esperar sair um nome da câmara para ajudar a eleger. Pelo jeito, seu galo é o Pelé que não vai mais a vereador.

Obs. É isso aí, Gildo, companheiro é companheiro e  resto é...  tenham todos um bom dia!

9 comentários:

Anônimo disse...

Falando em falta de agua me digam onde a Corsan tem gerador seta que vai ser Santiago o contemplado . O contrato foi renovado com o município a pouco porque não incluíram a instalação de um gerador na barragem .

Anônimo disse...

Quanto tempo mais os moradores da rua Barão do Rio Branco, no Bairro Gaspar Dutra vão ter que esperar para que a Prefeitura faça o calçamento de 2 quadras (fundos do quartel da Artilharia).
Até hoje quando chove o lugar fica intransitável!
Peço a ajuda do site Nova Pauta para resolver o problema!

Anônimo disse...

Falando em não Prestar Contas; Jaguari, também se destaca; em vários clubes e festas que aconteceram a tempçs, ainda não prestaram contas de nada.kkkkk

Anônimo disse...

Gildo já ta até fazendo visitas com o Guilherme na Belisário e João Evangelista

Anônimo disse...

Ao invés de bobagens, teriam que discutir o crescimento e desenvolvimento da cidade, em oferecer emprego, asfalto, qualidade de vida e lazer para a população.

Anônimo disse...

Oq não fizeram na prefeitura em quatro anos estão querendo fazer em seis meses ta uma correria nessas ruas, abrem buracos e fecham só para dizer que estão arrumando a cidade e em outros lugares ta um horror.

Anônimo disse...

Cade a Câmara de vereadores para representar a população quanto as cobranças com a prefeitura, não esqueçam vereadores, vocês são representantes da população ou seja nossos funcionários.

Anônimo disse...

Temos que parar com interesse de meia dúzia de pessoas e pensar no bem da cidade, 132 anos de atraso isso não é justo para uma população.

Anônimo disse...

E quando os Vereadores irão se manisfestar solicitando a redução salarial? Tem que dar o exemplo, pois, são representantes da população.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta