Subscribe:

Apoiadores:

domingo, 17 de abril de 2016

Dilma está (quase) fora!

Será afastada por 180 dias até o fim do impeachment
Entre tapas e beijos, discursos, berros e até cuspes, a abertura do impeachment contra a presidente Dilma foi aprovada por 367 a 137 após uma tarde de votação na Câmara Federal. Os 342 votos necessários foram atingidos às 23:09. Entre os deputados gaúchos, foram 22 votos a favor, oito contra e uma abstenção. 

Entre os crimes está o de responsabilidade fiscal (pedaladas) e empréstimos sem aprovação do congresso.

Agora, no decorrer do processo, a presidente Dilma deve ser afastada por 180 dias (após apreciação de uma comissão do Senado). Isso acontece para que haja as devidas investigações. O processo será julgado pelo Senado Federal. 




Tapas e cuspes

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cuspiu no deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Bolsonaro diz que conseguiu se esquivar e quem acabou atingido foi Luiz Carlos Heinze (PP).

Jean Wyllys disse: “Ele é um torturador, que defende a tortura. Isso deveria escandalizar vocês, não um cuspe na cara de um canalha”.

Jean Wyllys de Matos Santos é um jornalista, professor universitário. Foi eleito deputado federal em 2010 pelo Partido Socialismo e Liberdade, do Rio de Janeiro.

Mattos e Motta
O gaúcho Pompeo de Mattos (PDT) não votou, e Afonso Motta, também do PDT, votou contra.

Frases históricas
"Não fui ministro do governo. Fui ministro do meu partido no governo", diz deputado Aguinaldo Ribeiro (PP).

“É golpe. Não tem outra palavra. Esse país não pode aceitar o golpe. A economia a gente resolve amanhã, mas evitar o golpe é hoje”. Lula.

“Nós não trabalhamos em hipótese alguma com esse cenário (vitória do impeachment). Estamos confiantes que essa tentativa golpista, que a cada dia perde legitimidade, que esse golpe não terá os 342 votos. Será derrotado no plenário”, afirmou o ministro gaúcho Miguel Rosseto (PT). 

"É o fim da ditadura petista? Devo estar sonhando!
Melhor que isso, só o Lula na cadeia!". Irani Caetano, dentista -  Santiago - RS.

"Pela minhã mãe e pelo meu pai; pelos meus irmãos e pela minha esposa, por toda a minha família e, é claro, pela minha querida Santiago! Ah!, e pelas minhas contas, pelo meu conforto, pela força de Deus. O meu voto é que amanhã tenho que levantar cedo e trabalhar." Júnior Limana, comunicador - Santiago. 

7 comentários:

Anônimo disse...

É de se comemorar, mas se não me engano o afastamento é só após o senado aceitar a denúncia da câmara.

Anônimo disse...

Bom dia a todos... NÃO SOU PETISTA, mas o povo é enganado e SE DEIXA ENGANAR NOVAMENTE POR COMODISMO. Saindo PT, quem entra? Um PMDB IGUALMENTE COMPROMETIDO COM A DESONESTIDADE, pior, com requintes de traições. Alguém parou para pensar em Cunha, Calheiros, Temer??? TODOS ESTÃO ROUBANDO IGUALMENTE, senão DESCARADAMENTE, pois ou fazem parte das investigações do Lavajato, ou são alvo da Polícia Federal. Uma pergunta: PMDB não atuou JUNTO com o PT e, NÃO ASSUME NADA? NÃO VIU NADA NESSE PERÍODO DE ROUBALHEIRA E ENGANAÇÕES? Simplesmente saiu pela porta da frente, feito um partido de ratos convencidos da impunidade... Irani Caetano, pensei que fosses mais inteligente: trocar uma coisa por outra de igual teor e qualidade não vale! Aos que pediram em nome de fulanos e ciclanos que nem querem saber de política, mais uma vez, foram homenageados com ações burras e não pensadas, esse é o povão brasileiro entrando em ação!

Anônimo disse...

Economia não se resolve amanhã. Ela é hoje! É ela a principal vítima, porque é teta, é leite em boca de gado sedento por dinheiro. PMDB vem com tudo, vamos ver o quanto o buraco vai aumentar!!!

Anônimo disse...

Que graça... DERROTADO EM PLENÁRIO para dar lugar ao temer, que se sofrer pressão igual a de Dilma, deixa seu lugar para Cunha, ladrão de Reais convertidos em dólares na Suíça (roubou de forma pior!), e saindo Cunha, entra Calheiros (sem comentários, esse até preso já foi!). Que país é esse que não exigiu ELEIÇÕES GERAIS para fazer uma limpa, não para ceder lugar a outros ratazanas!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Um terço da Câmara que votaram pelo fim da Corrupção estão sendo processados.

Anônimo disse...

O Deputado Pompeu de Matos, mostrou que pessoa ele é. Acho bom não aparecer em Jaguari.Já é bom ficar em cima do muro; ou seja ajudou o PT.;

Anônimo disse...

A faxina tem que ser geral la em Brasilia, nao adianta sair um corrupto pra entrar outro.
Mas eu penso como limpar, se os que se candidatam sao sempre fichas sujas?
Alguem vai ficar, so troca seis por meia duzia....

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta