Apoiam este projeto:

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Internet limitada uma pinoia!


(por Ruy Gessinger -  comunicador e juiz aposentado)

O presidente da gloriosa Anatel decretou que terminou a era da internet ilimitada. É um “visionário”.

Faço algumas perguntas, responda quem souber (perguntar não ofende, já diziam):

1) Quando surgiu o Napster, toda a indústria fonográfica se voltou contra. Qual foi o resultado? Conseguiram extinguir a troca gratuita de músicas e conteúdo em MP3?

2) O que pode acontecer com o WhatsApp ou Skype se um dia inventassem de limitar as chamadas de voz por tempo?

3) Como seria se o Google começasse a limitar o número de buscas que o usuário pode fazer dentro do mês? Ou o YouTube limitar o número de vídeos?

Claro, como estamos falando de Brasil, coisas como a obrigatoriedade do extintor classe ABC, ou o tal kit de primeiros socorros, acontecem. Por um tempo, depois desaparecem. Pode ser que, por um período, tenhamos que conviver com limite de dados.

Mas a longo prazo, a única coisa que vai acontecer, caso seja permitido limitar o consumo de dados nos planos, é a entrada de novos provedores concorrentes com planos ilimitados a preço acessível. Com a palavra, a Netflix.
  Um abraço a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta