Subscribe:

Apoiadores:

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Nova Pauta - Humor


4 comentários:

Anônimo disse...

muito triste mas era preciso ser feito isso ela nao tem braco para governar o brasil e estava nos transformando numa venezuela alias vai muito tempo ainda essa crise,,tem muita coisa para acontecer ainda pois a lava jato esta em alta e tem o cunha ainda para ser julgado,me chamou a atencao os comunistas do pt votando e falando em 1964 no golpe militar e dizendo que essa democracia custou caro,mas e mentira os militares nossos herois de 1964 apenas evitaram um golpe comunista e combateram a guerrilha de esquerda que estava anarquisando o brasil eles mataram muita gente tambem .....abraco nao desistiremos do brasil. brasil ameo ou deixeo-bolsonaro presidente pois o brasil precisa da direita ......brasil verde e amarelo sem foice e sem martelo -todos contra o comunismo-

Anônimo disse...

concordo bolsonaro homenagiou o coronel brilhante ustra um dos honrosos militares da epoca ,todos morreram pobres,colina vpr vanguarda revolucionaria esses grupos de guerrilha mataram muita gente em 1964 dilma era da vpr foi presa e torturada por que era terrorista.nossa bandeira jamais sera vermelha .

Anônimo disse...

jean wilis cuspiu na cara do heinze claro nao tem argumento para discutir,,so pra lembrar jean wilis nao representa os gays ele apenas representa uma minoria organizada e que recebe dinheiro publico para passeatas gays nada e o que parece muitos gays talves a maioria nao vota nesse jeazinho.

Anônimo disse...

Que sujeito podre elogiar Bolsonaro. Que reverencia um torturador. Querer o fim de um governo é uma coisa mas defender um cara que sente prazer nas atrocidades cometidas por um torturador é ser muito pobre de espirito. Ontem com toda aquela aberração que foi a votação me descobri comunista com muito orgulho. De uma olhadinha no face e veja quantos se assumiram depois de ver o espetáculo ridículo. O cunha mirou em um lado e acertou em outro. As massas se levantaram.a indignação e coletiva. Esta tendo luta de classes este governo jamais vai ser reconhecido como legitimo.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta