Apoiam este projeto:

quarta-feira, 4 de maio de 2016

A prefeitura, os champanhes e os vinhos finos

São Chico – O vereador Jeremias (PDT) denunciou na Câmara: “A prefeitura abriu licitação para a compra de 32 mil garrafas de champanhe e vinhos finos.” O caso foi publicado no site Nova Pauta e ganhou repercussão estadual pela Rádio Gaúcha. Antes que saia no Expresso, saiu no  RBS Notícias. Veja:

4 comentários:

  1. Ta na cara que ninguém em sã consciência iria fazer isso, só pode ser artimanha da oposição!

    ResponderExcluir
  2. Como assisense fico triste de ver que minha cidade vai parar no Bom dia Brasil da globo, por uma notícia dessas. E o prefeito alega que não sabia disso, ou seja, assina uma licitação sem ler e tem funcionários incompetentes que não revisam o que escrevem. Será que estavam em transe pra colocar todas aquelas especificações sem se dar conta? Primeiro foi os salgadinhos, agora os espumantes e vinhos.E ainda cogitam desse prefeito concorrer a vice ou a prefeito novamente. Com todo respeito prefeito, saia da política e monte um cerimonial, o senhor tem mais competência pra isso.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns São Francisco de Assis agora conhecido nacionalmente e, quiçás, más allá de las fronteras. Parabéns ao prefeito salgadinho-pastel pelo grande ato administrativo em prol dos assisenses...Isto é o "BRASIL"...São CHICO não merecia essa notícia : espumante.

    ResponderExcluir
  4. Antes que saia no Expresso, saiu no RBS Notícias.

    ESSA É BOA - PORQUE NAO PODEM SER VCES OS DENUNCIANTES? QUANDO VCES FAZEM A COISA CERTA TEM QUE SE JUSTIFICAR?

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta