Subscribe:

Apoiadores:

terça-feira, 10 de maio de 2016

Pérolas da Câmara de Santiago


Velhinho barrigudo, não!
Macir Ribeiro (PMDB) denunciou a correria na cidade. Na rua João Aquino um carro derrubou uma árvore, entrou na casa e por pouco não pega as crianças na cama. O motorista e um caroneiro estavam bêbados e um ainda o chamou de "velhinho barrigudo".  

Calçadas - Gildo Fortes (PP) quer saber a quem cabe o conserto das calçadas destruídas pelas raízes das árvores. No entendimento dele, a prefeitura é a responsável.

Obs. Bom dar uma passadinha na Benjamin. Tem um toco que fez dois aniversários e já está brotando.

Salários - Depois, Gildo alertou que estavam votando os salários dos novos vereadores. Ele achou muito ganhar quase 6 mil reais no mês para vir apenas duas ou três vezes na semana na câmara. "Nenhum médico ganha isso", lamentou (vídeo baixo)

Obs. O salário foi votado e aprovado sem aumento e nem 13º salário.

Ilegalidade - Iara Castiel (PT) falou de novo do "projeto ilegal" que foi à votação. "Não culpem o PT por Santiago virar notícia no estado", disse ela se referindo à doação de terreno à Maçonaria.

Prefeito preso - Iara Catiel ainda falou que foi do PP o único prefeito preso na história de Santiago. Pelé defendeu dizendo que Cássio Peixoto só foi preso por não cumprir uma ordem judicial referente à iluminação pública. 

Matando tatu a grito
Pelé denunciou as firmas que prestam serviço de pavimentação à prefeitura. Elas não pagam seus funcionários, de Porto Alegre não vem dinheiro, fazendo os trabalhadores andarem matando tatu a grito. A prefeitura só pode pagar quando entregarem a obra.

Obs. Não era cachorro a grito?

Rotativo incomodativo
E sobre o estacionamento rotativo na quadra da Rádio Santiago, Pelé frisou que não se pode dar muita "ganja" para certa gente. Esse cidadão não tem nenhuma gaiota e está falando. "Isso não nos prejudica porque fizemos tudo pela legalidade", frisou.

Obs. Ali tem umas 8 garagens e a empresa optou por não colocar.

5 comentários:

Anônimo disse...

Na frente de uma escola foi pintado um estacionamento pra deficiente mas que coloca o carro é o comerciante do local. E ai guarda municipal?

Anônimo disse...

Esse Pelé genérico fala mais bobagem que o Pelé verdadeiro.fala tanto em ética como se fosse o dono da verdade.

Alzira Bittencourt Flores disse...


Eu acredito que Santiago não necessita de 13 vereadores, é muita gente ganhando sem fazer nada ou melhor quase nada, agora estão fazendo algo,brigando pelos partidos Políticos. Numa cidade do tamanho da nossa 06 vereadores já estava bom. E deveriam ganhar o salário minimo pois trabalham ou aparecem na câmara apenas 02 ou 03 vezes na semana e para fazer o que?

Anônimo disse...

E ainda ganham 6 conto para isso, pelamordedeus!

Anônimo disse...

Onde fica esse terreno doado? Fiquei curioso agora...

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta