Apoiam este projeto:

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Prefeitura paga 69 mil por remédio que não veio


Santiago – Uma servidora da secretaria de Saúde registrou que no dia 16 de fevereiro recebeu um alvará determinando a compra de um medicamento contra o câncer de um paciente. O medicamento deveria ser aplicado em quatro doses a cada 21 dias. O valor de cada dose (ampola) é 69 mil e 980 reais e foi comprado de uma empresa de Santa Maria, que entregou somente três ampolas, ficando devendo a quarta dose que deveria ser aplicada nesta quarta, 11. Houve contato com os responsáveis, mas eles só dão desculpas e não resolvem. A ocorrência diz ainda que toda a medicação foi paga no dia 17 de fevereiro pela prefeitura de Santiago, somando 279 mil reais.

Um comentário:

  1. Como pagaram ? Estão tão bem que pagando adiantado .

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta