Apoiam este projeto:

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Madeiraaa! Lá se foi uma das últimas...


Santiago - Mas como essa gente (como diria o vereador Pelé) de Santiago gosta de derrubar árvores!!! A prefeitura vive dizendo "Não se pode podar, que dirá atorar, matar uma árvore!" e, no entanto, o que vimos? Outra pobrezinha no chão! Aliás, uma das últimas desta quadra na rua Tito Beccon, se não for a última.

Ah! E este toco aí vai ficar pra semente, como já tem nessa mesma rua, na Benjamin, na Bento, na Pinheiro na...

E a poda corre solta enquanto o Cidade Ativa fica a carregar tudo de graça. Mas lhes digo o seguinte: logo virá uma seca, um verão escaldante e aí é só neguinho brigando por sombra para o seu lindo carango. (Foto: Evandro Gasparini -  Jornal Expresso)

7 comentários:

  1. Não se pode pisar árvores na AES sul está destruindo as árvores do passeio se aquilo é poda técnica me poupem .

    ResponderExcluir
  2. Devemos nos submeter à natureza e Não o contrário.

    ResponderExcluir
  3. Ano eleitoral meus caros. Tudo pode. Depois muda.Essa é a hipocrisia podre que impera na sociedade falida.

    ResponderExcluir
  4. Ė para podar é uma burocracia, gostaria d ver o motivo q levou aquela pobre arvore ao chão...pouco espaço na calçada, estética da construção ou os galhos atrapalhavam os fios da telefonia...

    ResponderExcluir
  5. em frente a minha casa tem três árvores, mas no verão não consigo colocar o carro na sombra, porque sempre tem um carro de algum vizinho, que tb tinha uma árvore mas cortou para não fazer sujeira.
    Leda

    ResponderExcluir
  6. Depois que o ser humano colocou a mão na natureza esta ai o resultado, preciso dizer algo mais.

    ResponderExcluir
  7. Depois que o ser humano colocou a mão na natureza, estamos vivendo hoje o resultado disso.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta