Subscribe:

Apoiadores:

quarta-feira, 6 de julho de 2016

A política de Peixoto


Estado - Quanto mais ficar de bem com os líderes da região, melhor para o Tribunal de Contas, melhor para seu presidente, melhor para os prefeitos... melhor para todo mundo. Pelo jeito essa parece ser a política do presidente Marco Peixoto (ex-PP) e do próprio tribunal que representa.

Manoel Viana - Vejam um exemplo: a ex-prefeita Ione Caminha (Manoel Viana)  deixou restos a pagar no valor de 952.421,76. Mesmo assim, suas contas de 2012 foram aprovadas. Ou seja, ganhou sinal verde para voltar à prefeitura neste ano.

Jaguari - E esta semana o presidente Peixoto visitou a câmara de Jaguari para "alertar" prefeito e vereadores para esse último ano de mandato. Peixoto anunciou também que vai reunir os prefeitos e presidentes das câmaras para dar informações do que pode ou não pode ser feito para evitarem problemas em seus mandatos. 

1 comentários:

Anônimo disse...

Já passa da hora da sociedade acordar e enxergar que as cortes de contas nos moldes atuais, não passam de um cabide, onde todos, de todos os partidos se ajeitam. Vejamos o outro exemplo aqui da região, o prefeito fez horrores,a auditoria veio e apontou, resultado prático, uma multa de 1.500,00 e a recomendação de não fazer novamente. Não é piada!

Tenho opinião que deveríamos excluir o TCE preservando apenas o MP de contas, com o aproveitamento de todos os auditores do TCE atual, que altamente capacitados.Para tanto,precisamos mudar a constituição, mas com aquela corja não mudaremos jamais.

Até quando vamos continuar pagando essa tropa de marajás?

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta