Subscribe:

Apoiadores:

domingo, 10 de julho de 2016

Liberdade

(J.Lemes)
O homem nasce livre e ao longo de sua existência vai se acorrentando a seitas, convenções etc. Alguns desses acorrentadores são os pais. A criança nem bem nasceu e já recebe um adereço com o símbolo do Grêmio ou do Inter. Sem liberdade de escolha, ela é submetida aos caprichos dos outros. Pior é que cresce, fica adulta e jamais questiona o porquê de sua paixão, alienação ou fanatismo esportivo. Quanto aos pais, são os primeiros a cobrar dos outros a dita liberdade nas escolhas, escolhas essas que tiraram dos filhos. Vá entender...

2 comentários:

FROILAM DE OLIVEIRA disse...

Gostei dessa tua reflexão. O futebol é apenas uma parte do todo (religião, política, gostos, profissão etc.).

Anônimo disse...

Assim é com religião.
A criança nem consciência tem e já é batizada e vira adepta de religião X ou Y.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta