Subscribe:

Apoiadores:

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Poucas e boas


Brigadiano assassinado - Policiais militares de todo o Estado participaram de um ato na tarde de terça em homenagem ao colega Luiz Carlos Gomes da Silva Filho (29 anos), morto por criminosos durante uma abordagem em Porto Alegre. Às 17h, horário do sepultamento do soldado, houve um sirenaço. Em Santiago, a concentração foi na esquina do calçadão.

Jogos de azar- o Senado pode votar nesta quarta o projeto de lei que libera os cassinos, bingos e jogo do bicho no país. A proposta é do senador Ciro Nogueira (PP-Piauí). A estimativa da Receita Federal é arrecadar mais de 15 bilhões em impostos caso a liberação dos jogos seja aprovada.

Frio e chuva - A chuva chegou nesta terça no Estado, fazendo a temperatura despencar. Para esta quarta ainda há previsão de chuva. A partir de quinta será de temperaturas baixas.

Consulta Popular - Até quinta, 7, dá pra votar e escolher as quatro prioridades, numa lista de dez, da região que vão receber investimentos do Estado. Para votar, é preciso ter mais de 16 anos e o título do eleitor. VOTE AQUI.

Abigeato
São Chico - De uma propriedade em Paraíso foram abatidas e furtadas duas vacas e uma novilha, sendo deixadas no local apenas as vísceras, couro e ossos de um dos animais. O prejuízo é de 4.800,00.

3 comentários:

Anônimo disse...

Mais um profissional da segurança publica tomba no exercício da profissão, nesse caso cumprindo o juramento de "proteger a sociedade, mesmo com o risco da própria vida". Até quando vamos perder profissionais, pais de famílias, filhos e amigos, por ações de brasileiros marginais, ou seja vorazes assassinos que decretam ao seu bel prazer nossa pena de morte? E depois, se presos, sustentados pelo Estado e soltos em pouco, voltando novamente ao crime, se apropriando de nosso patrimônio e decretando se vamos ficar vivos ou covardemente assassinados! Acorda Brasil, acorda Rio Grande do Sul, acorda Santiago, acordem Senhores legisladores, quantos cidadãos de bem irão tomar e deixar viúvas (os) e órfãos, "PENA DE MORTE" já para os matadores reincidentes e traficantes de drogas independente de suas idades. Certamente as lágrimas do bem serão roladas em menos quantidade e nosso sangue também.

Cassal Machado Brum disse...

Fiscalizar os jogos será um problema. E outra, mais um setor arrecadatório para políticos corruptos.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com os comentários, sistema prisional não recupera ninguém e não porquê é deficitário, é porquê o ser humano delinquente não quer se recuperar; também se fosse tão ruim assim o temor de ir para o presídio certamente frearia o número de criminosos. Portanto concordo, tem seres humanos irrecuperáveis, portanto não merecem estar entre nós, e nós os sustentando-os e eles matando os cidadãos de bem. A Pena de Morte com previsão legal de pena já deveria ser implantada, pois pena de morte ilegal já tá institucionalizada.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta