Subscribe:

Apoiadores:

terça-feira, 26 de julho de 2016

Pró-reitora da URI morre em acidente


Panambi - Santiago - A professora Rosane Vontobel Rodrigues, 57 anos, vinha para Santiago com outros professores da URI quando se acidentou em Panambi. Chovia muito, o carro saiu da pista e bateu nas árvores. Rosane morreu na hora, pois a batida foi justamente em seu lado. A URI está em luto oficial por três dias com a morte de sua fundadora. Logo, mais detalhes. 

Foto: Ijuí/News

A repercussão
"Estou muito triste com a notícia do falecimento da minha colega e ex-aluna professora Rosane, minha companheira de luta na transformação da FAFIS em campus da URI. Que Deus em sua infinita bondade a receba em sua glória. Ao Eri, que tanto nos carregou pelas estradas, força, conforto e paz. Ao Rodrigo, a coragem necessária para superar essa grande dor." Ayda Bochi Brum - Ex-diretora da URI Santiago.


Da Revista ZB Imagens & Fatos  (Erechim)  

"Rosane Vontobel Rodrigues, Capa da edição de jan-fev/2013, era uma mulher de desafios e de fé. Antes de ser a pró-reitora de ensino, tínhamos nela uma amiga, conselheira, dedicada, uma pessoa que avistava longo futuro, com palavras leves e delicadas, um sentimento somente peculiar a ela. 

Medicina - Um dia antes do anúncio oficial do curso do medicina, em primeira mão, ela nos mostrava seu celular, a grande vitória para Erechim, e vibrava sem estardalhaço, mas feliz... 

Assim foi nosso último encontro, na praça de alimentação do Master, quando com seu amado Ery, faria seu lanche de final de tarde. 

Obrigada querida, pelo que aprendemos contigo; obrigada pela lição de vida; obrigada pela oportunidade de tê-la conhecido e compartilhado de tantos momentos felizes e significantes. 

No autógrafo da edição, você deixou escrito que nosso exemplo era ouro, mas agora digo-lhe o mesmo. Seu exemplo é ouro. Vá em paz! Deus Nosso Senhor a recebe de braços abertos. Estaremos orando por ti e pelos teus familiares e amigos que entristecidos choram sua morte. Eternamente gratos!"


Sandra Siqueira
"O céu ficou turvo, as nuvens carregadas, o tempo fechou... Ela partiu! A nossa Rô, amiga de todas as horas, conselheira e incentivadora. Nos deixou, ela que apreciava os beija-flores no quintal de sua casa. A casa que ela sonhou desfrutar mais quando se aposentasse. O seu recanto, o seu lugar! Conheci poucas pessoas com o equilíbrio dela. Que respeitava o seu semelhante e sempre enxergava qualidade nas pessoas. Era doce, uma mestre e será sempre lembrada assim."

0 comentários:

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta