Subscribe:

Apoiadores:

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Vossa excelência, nobres vereadores

(João Lemes)
Não é preciso saber o que de fato significa a palavra nobreza para entender que ser nobre é ser uma coisa boa. Então, não é errado chamar vereador de “nobres”. Também não é erro grave tratar vereador como “vossa  excelência”, embora o correto seja “vossa senhoria”, com exceção do presidente (este sim, é vossa  excelência). O que de fato configura erro grave é agredi-lo com termos chulos do tipo “sem-vergonha”, “mau caráter”, “caloteiro”, mesmo que ele seja. Há jeito de se dizer tudo isso com outras palavras e, com isso, mostrar a real postura de um nobre.

O tratamento “vossa excelência” se usa para prefeito e vice, deputados, ministros e o presidente da República. Para juízes também é vossa excelência ou meritíssimo.

Trajes e posturas
E como estamos em ano de eleições, não custa relembrar as posturas que se deve ter em solenidades, como por exemplo, o uso de roupa adequada. Isso não é luxo nem falta de modéstia. É uma questão de respeito ao ato e a seus frequentadores. (Outro dia eu vi prefeitos e demais autoridades com a roupinha do dia a dia num ato oficial de uma entidade).

Nesta, todos falham
Também lembramos da postura na hora da execução dos hinos. Isso é lei! Todos devem virar-se para o público ou para a mesa das autoridades (ou ao centro do evento) e não apenas para as bandeiras. Pior ainda é dar as costas à plateia. A bandeira é sagrada, mas é apenas a representação de um povo, não é o povo!

0 comentários:

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta