Apoiam este projeto:

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Cai a lei do farol

Brasília - A Justiça Federal suspende a Lei do Farol Baixo, que obrigava motoristas a acender o farol durante o dia em rodovias. Na decisão, o juiz Renato Borelli entendeu que os motoristas não podem ser punidos pela falta de sinalização sobre a localização exata das rodovia, caso como em Brasília, onde existem várias rodovias dentro do perímetro urbano.

A lei foi sancionada em 24 de maio devido a um projeto do deputado federal Rubens Bueno. A multa para quem descumprisse a regra era de R$ 85,13, com a perda de quatro pontos na carteira.

O objetivo era aumentar a segurança, reduzindo o número de acidentes frontais. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), estudos indicam que a as luzes acesas reduzem entre 5% e 10% o número de colisões.

Um comentário:

  1. ESTA HISTÓRIA DE AUMENTAR A SEGURANÇA NAS RODOVIAS COM O USO DO FAROL LIGADO DURANTE O DIA E´UMA BAITA LOROTA , AUMENTARIA A SEGURANÇA DOS CONDUTORES SE O DINHEIRO ARRECADADO COM OS IMPOSTOS FOSSE APLICADO NAS RODOVIAS , E NAO PENALIZAR OS CONDUTORES POR NÃO ESTAREM COM OS FARÓIS LIGADOS.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta