Subscribe:

Apoiadores:

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Os "cassadores" e os cassados

(J.Lemes)
Nunca tivemos uma eleição com tantos entraves judiciais. Nunca uma confusão em uma lei tinha causado tanto embaraço, como é o caso agora da lei da “ficha limpa”. Assim, diversos candidatos resolveram concorrer mesmo com pilhas de processos no lombo.

Nem título?
Caso de Jorge Martins (PTB), de São Vicente; caso de Ivo Patias (PDT), de Jaguari... Alguns nem título de eleitor têm e seguem candidatos. Só que agora a Justiça deu um tiro de aviso e impugnou os dois em primeira instância. Eles podem seguir na concorrência até decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

Juiz desmancha Patias
O juiz Diego Fajardo ainda deu uma cacetada daquelas contra Ivo Patias, publicado hoje no jornal A Folha: “Admira-se que alguém com um histórico reconhecidamente improbo venha postular registro de candidatura para ser prefeito de Jaguari, município ao qual causou tantos danos de ordem patrimonial que ainda não foram ressarcidos”.
Obs. Improbo - que ou quem não é probo; desonesto.

A cruz de Ernani
Em São Chico hoje também é notícia o caso da candidatura Ernani Cruz e Isabel (PP), que acaba de ser impugnada pela Justiça. O juiz aceitou pedido da coligação contrária (UPA - PDT e PMDB). O promotor também havia entrado com pedido baseando-se em desaprovações de contas de quando era prefeito. Só que agora o problema foi uma entidade que Ernani presidia, da qual não se desvinculou.

Opinião 
Não temos vara mágica e só temos a vara da justiça. Porém, é público e notório que o caso mais fácil de ser revertido é o de Ernani Cruz. Mais fácil, não com certeza. Enquanto isso, o que passa na cabeça do eleitor que não aceita as atuais chapas que concorrem?

0 comentários:

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta