Subscribe:

Apoiadores:

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Pérolas da política


Os candidatos seguem visitando, fazendo mateadas, tocando e trocando suas musiquinhas de campanha... Alguns não gostam das canções, mas faz parte desta festa da democracia. Alguns não querem visitas e colocam até placa dizendo que se o candidato nunca veio à sua casa, que não precisa ir agora. Como se vê, temos gosto para tudo e todos.


Mas uma pergunta eu faço: de que jeito um candidato vai passar os anos antes das eleições visitando casas, se a hora é agora? Outra: de que jeito que ele vai levar as propostas se não puder visitar? E mais uma: se ele for, reclamam que foi; se não for, reclamam que não foi. Como se vê, nós adoramos falar mal e reclamar.

Nas fotos, o candidato da oposição, Guilherme Bonotto, faz uma visita, só que o Expresso chegou antes dele. Na outra foto, Tiago Gorski(PP) leva uma prosa de baldrame... Os dois, muito show! 

6 comentários:

Anônimo disse...

Agora apareceu até gabinete móvel....kkkk
Se o vereador não cumpre expediente na camara, imagina se ele vai aparecer nos bairros, baita jogada!

Anônimo disse...

Com todo respeito por favor.
Não é evitar visitas .
Mas as pessoas estão cansadas.
Muito papo depois pouca ação.
Comigo mesmo tem vereadores que a
última vez que falei e vi frente
a frente foi em 2012.
Nunca mais no cruzar por mim ão
menos me deram adeus.
São uma cambada isso sim queria ver se ganhassem 880,00 reais alguém iria se candidatar.

É puro papo furado e pior esse ano não vejo nenhum que pudesse
mudar algo.

Chega ser uma desmoralização
o que fazem pra pedir voto.

Nem fulano,nem beltrano vão mudar
nada.
Sempre favorecido nisso tudo é
sabe quem ???

Os eleitos até 2020 que gastam ,ganham e se divertem as
custas do povo.


Anônimo disse...

Existem assessores e assessorias para criar, desenvolver e trabalhar em cima de INOVAÇÕES... quanto ao candidato "poder ou não poder" alguma coisa, ele DEVE PODER TUDO PARA SE ELEGER, pena que batem na mesma tecla SEMPRE: musiquinha, jingles, panfletinhos, fotinhos etc. UM TIRO NO PÉ EM ÉPOCAS DE INOVAÇÃO E INFORMAÇÃO.

Anônimo disse...

Ações hipócritas, ridículas e muito pedantes.

Nunca se veriam tais candidatos ajoelhados e sentados ao chão se não estivessem nessa condição. São propostas e não essas ações que o cidadão precisa.

Anônimo disse...

Antes das eleições é assim, quero ver depois!!!

Anônimo disse...

Mas ah Santiago véia continuas a mesma.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta