Subscribe:

Apoiadores:

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Pesquisa eleitoral

Amigos, leitores e políticos;

(por João Lemes)
Como diretor-editor do jornal Expresso, sinto-me no dever de tecer alguns esclarecimentos sobre as eleições e as pesquisas eleitorais em Santiago. Faço isso para evitar distorções, já que o nosso jornal atua há mais de 20 anos, sempre baseado nos preceitos legais e na credibilidade. O jornal não é rede social que aceita tudo. Nossos jornalistas têm endereço e não estão imunes à Justiça. Na verdade ninguém está, nem os plantonistas de rede social.

O Expresso contratou duas pesquisas
A primeira pesquisa Index contratada pelo Expresso foi realizada em 23 e 24 de agosto com mais de 800 pessoas em Santiago e interior. Seu resultado saiu no Expresso.

A segunda pesquisa contratada junto ao Instituto Index tem data de 13 a 15 de setembro, mas esta não foi publicada. Porém, ela está com tudo ok, legal, registrada e apta a sair a qualquer tempo, em qualquer mídia oficial do Expresso.

Tudo é público – O registro, notas fiscais do pagamento ao Index e demais documentos estão todos à disposição de qualquer pessoa junto à Justiça Eleitoral.   

Por que não saiu?
O Expresso é veículo privado, dirigido por nós, custeado por nós, não é concessão pública. Portanto, cabe a nós decidirmos sobre tais publicações. Então, em virtude do grande número de indecisos e da enorme repercussão gerada pela primeira pesquisa, decidimos por não publicar a segunda. Com isso, acreditamos que se evitaria ainda mais acirramento na campanha e deixaríamos os leitores mais à vontade para a escolha.

Sobre a publicação do PP
Todos os candidatos podem publicar matéria paga em nossas páginas até esta sexta-feira, 30. É direito deles, assim como o conteúdo é de inteira responsabilidade deles. Assim, o PP exigiu do jornal que aceitasse o conteúdo do seu anúncio sem alteração, como lhe faculta a lei eleitoral. De sorte que assim o fizemos. Como visto, o PP publicou nesta edição (30-09) o resultado da primeira pesquisa (23 e 24 de agosto), a qual já foi amplamente divulgada por nós.

Por fim, cabe frisar mais uma vez: a segunda pesquisa feita de 13 a 15 de setembro está com tudo ok, pronta para ser publicada a qualquer tempo, basta que nossa direção assim o decida. E só a direção do Expresso sabe seu resultado. Portanto, qualquer comentário sobre pesquisas não passa de boatos e especulações.

Muito obrigado a todos e uma boa eleição. 

1 comentários:

Anônimo disse...

Tenho absoluta certeza que essa segunda pesquisa vai ser visível no blog nova PP no dia de amanhã!!!

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta