Subscribe:

Apoiadores:

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Fim da linha para boates ambulantes

Logo, logo entra em vigor uma lei para tentar acabar com a zoeira das ditas boates ambulantes. Pela nova lei, agora o policial ou guarda não precisa mais de aparelhos para medir o som automotivo. Basta que ele seja audível pelo lado de fora do carro e deu, multa nele e 5 pontos na carteira. Assim, a Brigada pode, finalmente, dar sossego às comunidades. E aquelas saveirinhos rebaixadas (com som que treme até os vidros das lojas) podem virar museus. Ou pagar as multas...

Em Santiago ainda precisamos regulamentar a lei dos carros-de-sons ditos profissionais que colocam o volume do tipo "espanta cliente".  

21 comentários:

Anônimo disse...

Me digam o que é regulamentado em Santiago. O que funciona, nas atribuições do município?

Anônimo disse...

Muito bom, multa neles.

Anônimo disse...

Quem irá autuar os infratores, só a Brigada Militar, pois se preserva forte, os demais órgãos não querem envolvimento, e a guarda municipal não pode nem atuar, n~~ao é regulamentada de acordo com a legislação federal, havendo até salvo outro entendimento, crime de prevaricação por parte do prefeito e vice prefeito.

Anônimo disse...

Isso tinha que valer para os sons altos nas casas tbm principalmente nós dias de semana, querem ouvir música alta vai pro deserto...

Anônimo disse...

interessante que não reclamavam dos daquelas músicas chatas da eleições, que tiravam o sossego de todo mundo, todos os dias

Anônimo disse...

baixinho pode .senao vamos proibir os carros barulhentos e motos barulhentas vamos proibir motocerras furadeiras bebe chorando proibir os trovoes.nao tenho som em carro mas tem que ter um limite pouco mas tem que ter senao essa gurizada vai fazer dano por ai roubar e mais ,ja que nao podem se divertir.

Anônimo disse...

Tu so pode ser um infeliz q anda a pé por isso tu falou isso

Anônimo disse...

E em época de eleições vão multar também. ..

Anônimo disse...

Paguamos a multa não da nada e continuamos e multa recorremos otários

Anônimo disse...

Vai ter som sim, e se reclamar vai ter mais ainda!!

Anônimo disse...

é uma palhacada essa lei mesmo mas em pouco tempo baixa nós do som automotivo temos que dizer não porque é um lazer sentar na calçada e abrir o porta malas e deixa toca o som.
que de multa que deixe dar pontos o amor por som não morre não passa essa lei enseguida vão baixar existem coisas mais importantes a se fazer do que proibir som automotivo SOM AUTOMOTIVO NÃO É CRIME

Anônimo disse...

Infeliz é encher o carro de macho e sair com sertanejo e aquelas eletrônica bagaceiras dar bandinha nos postos com isopor de gela no porta-mala. Fim de carreira, pode se matá

Anônimo disse...

Vai vira um desrto ja e sem som ai sim nao vai ter nem jovem mais nessa cidade o q fazer entao um jovem em santiago deveria ter um lugar pra lazer pra libera o som poxa

Anônimo disse...

Quero todos esses anarquistas sem carteira de habilitação. Souza compra uma nova área pro depósito do Detran, essa que hoje existe, vai ficar pequena com tanto carro recolhido. Vai doer muito no bolso deles. Hehe.

Anônimo disse...

Vamos torcer que ocorra a proibição do rebaixamento de veículos, os quais tomam conta das ruas em zig zag, numa velocidade de 10 km/h, embora 90% dos veículos que hoje trafegam nesta condição, estão irregulares. A causa disso é falta de fiscalização, não é culpa da Brigada Militar, nem dos Guardas Municipais reduzidos e não regulamentados, e sim de uma falta de política na área do trânsito em nossa cidade.

Anônimo disse...

Agora sim que vai ter som... e com volume no máx.som não é crime vão prender os ladrões.deixa o som

Anônimo disse...

Só para esclarecer o nobre editor da matéria que não se trata de uma lei, e sim o CONTRAN usando das suas prerrogativas de normatizar regras no trânsito, publicou a Resolução Nº 624/2016 sobre o assunto.

anonimo disse...

querem silencio? vão para o hospital ! enfim nada se pode fazer nessa cidadezinha de velho, deixem os jovens se divertirem afinal de contas o que tem pra fazer aqui nesse fim de mundo ou parem com essa perseguição ou essa cidades vai acabar virando um asilo.

Anônimo disse...

Não precisa todo mundo escutar .isso já fazem para se mostrarem qual é o melhor som.

Anônimo disse...

é impressionante essas leis, com tanta coisa mais importante para cuidar vao encomodar por causa de som automotivo. e em santiago a segurança publica em vez de fazer segurança nos bairros onde o bixo pega final de semana, vao pra esquina do esso estraga o final de semana da galera que so quer escutar um som fica de boa com amigos.. palhaçada essas leis!!

Anônimo disse...

Quero ver quando a mãe ou pai, ou alguém da família desses imbecis estiver doente e precisar descansar. Será que esse mesmo imbecil que sai pelas ruas com o som alto acordando quase todos por onde passa gostaria que acontecesse isso com um dos seus? Não saberia responder, porque pimenta no dos outros é refresco para ele!

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta