Subscribe:

Apoiadores:

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Pérolas da Câmara de Santiago

Quando o presidente Peru (PP) disse "vou chamar o governador", todo mundo em casa levou um choque. Credinho! O Sartori está na cidade. Menos mal que logo adiante ele disse que era "governador" de um clube de serviço;

A dona Iara Castiel (PT) voltou a dizer que respeita o resultado das urnas em Santa Maria e em outras regiões. Ora, isso é até uma redundância! Poderia ser diferente? Como disse o vereador Gildo: o PT perdeu em todo o Brasil e agora chamam o eleitor de burro...

Iara falou também dos salários parcelados para os professores e demais servidores. Uma vergonha! "Sartori escraviza os mais fracos!", sentenciou; 

A vereadora homenageou o futuro vereador Clairton ao mesmo tempo em que elogiou um ativista que veio a Santiago, o qual acreditava que o problema físico do jovem santiaguense fora causado pelos defensivos agrícolas;  

Gildo (PP) cobrou a votação e a prática de leis e medidas importantes como a do plano diretor, de mobilidade urbana, código de postura, reciclagem do lixo. Falou ainda dos vários pedidos de quebra-mola que ouviu durante a campanha eleitoral;    

Seu Arlindo (PMDB) e outros tantos querem radar móvel, não quebra-mola!  Pois é, seu Arlindo; bem disse o vereador Cardoso (PP): correm no asfalto e correm onde tem "parelepito" também;

Macir Ribeiro (PMDB) disse que quase apanhou na rua porque elogiou o novo prefeito Tiago "Goski" em seu programa. "Mas você é um jaguara, elogiando alguém que não é do PMDB!",  disseram-lhe. E ele respondeu que é sim do PMDB, mas que sabe reconhecer quando os outros vencem...

Gavioli (PDT) pediu atenção ao plano diretor em Santiago e pena de morte aos corruptos. 

Marion (PT) achou engraçado que todos "metem pau" no PT, mas estavam nos ministérios. "E aqui em Capão do Cipó o PT ajudou o PP a se eleger." Depois lascou uma frase filosófica:
"Se todo mundo pensasse a mesma coisa, ninguém passava grande coisa." 

4 comentários:

Anônimo disse...

Quebra- molas pra quê? uma cidade em que os motoristas não param na faixa de segurança e não tem ninguém pra multar, vão ligar pra quebra-molas? Só se for pra gastar dinheiro inutilmente.

Anônimo disse...

Pedir pena de morte aos corruptos? se não existe essa pena nem para os piores crimes , os nobres deputados vão criar essa lei? Conversa pra boi dormir, ou melhor, pra agradar eleitor.

Anônimo disse...

e o palma falando na caganeira dos terneiros.kkkkkk

Anônimo disse...

Falar em pena de morte para corruptos...kkkk primeiro tem que lembrar que como diz não existe pecado grande e nem pequeno, corrupção é a mesma coisa, jeitinho brasileiro também é corrupção. AAhhhh, porque tanta preocupação com o Plano Diretor?

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta