Subscribe:

Apoiadores:

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Sandro Palma não quer secretaria

“Não me elegi, mas ajudei a eleger o prefeito, o homem que vai humanizar essa prefeitura. Nossa coligação botou 9 vereadores. Não quero secretaria. Sandro Palma não precisa disso!”, desabafou Sandro Palma (foto), vereador do PTB, dizendo que vai seguir ajudando as pessoas. “Chegavam nas casas e davam 150 pilas e tiravam meu adesivo. Tudo bem. E engordaram de tanta carne, tudo bem”...

Iara segue botando fogo pelas narinas
A frase da vereadora Iara (PT) de que o povo foi ingênuo ao votar nos mesmos para governar Santiago repercutiu muito hoje à tarde. Por isso, aqui vai mais uma de suas pérolas:

Os novos Cunhas e Tiriricas
"O resultado desta eleição é exatamente o retrato dos parlamentos brasileiros. O povo escolheu para governar novos Cunhas, novos Tiriricas, novos estrelões. Políticos assistencialistas que usam do emocionalismo barato para se elegerem".
Iara Castiel, vereadora santiaguense não reeleita pelo PT.

Cardoso; o perseguido
Diferentemente do companheiro de chapa Tiago Gorski, que não disse uma linha de algo que pudesse soar como mágoa ou revanchismo, o recém-eleito vice Cláudio Cardoso saltou das tamancas em sessão da Câmara. Parecia que havia lhe baixado um santo. Em alta voz se queixou de ter sido discriminado por ser pastor entre outras choradeiras. Depois lascou que "a pessoa que não tem fé não tem amor e vive pisando nos outros".

Cardoso estava tão possuído de fúria que até esqueceu  de quando dizia pela Rádio Santiago em branda voz de um "mantra": "Alô você que é evangélico, você que é livre pensador, que é ateu, ouça nosso programa e receba nosso carinho".

Marion e as cautelas transparentes
O petista voltou a denunciar que as 450 mil cautelas para uma campanha que engana a todos porque o prêmio pode ser visto contra a luz. Iara já aproveitou para culpar a prefeitura também, mas Pelé já tratou de livrar o lombo do prefeito.
Obs. eu vejo esta polêmica com muita cautela...  

Língua enrolada
Os atuais vereadores não acertam os termos "pelo qual, a qual, o qual" e também não sabem dizer o sobrenome Gorski. Passaram 10, 15 anos treinando e não aprenderam. Agora a Câmara segue com um Gorski e outro estará na prefeitura. Vêm aí mais 4 anos de treinamento. E podem aproveitar para exercitar o nome do novo vereador ligado à família Gorski. Ele se chama Dionathan, não "Jonas" como já estão dizendo. "Jonas" é o da Rádio Santiago. Ou seria Jones? 

Obs. Iara descobriu só agora que o povo é ingênuo por votar no PP? Mas ela está em Santiago desde quando?

17 comentários:

Anônimo disse...

Acusação grave essa do Palma.

Anônimo disse...

Isso vai ser agora um falando do outro.Mas o povo esta de mãos dadas com nosso prefeito e vice .vamos continuar com o progresso.

Anônimo disse...

Nós acreditamos nos que elegemos sabemos bem quem confiarmos somos muito espertos que muita gente .

Anônimo disse...

Ante a denúncia do Vereador Sandro Palma, transcrita neste blog, onde segundo ele está escancarado um crime eleitoral. Salvo melhor juízo, merece um análise mais aprofundada da Justiça Eleitoral (respectivo Promotor e Juíza Eleitoral). Pois situações agora com o conhecimento público do crime, apura-se e pune-se os culpados, ou quem formulou a falsa denúncia crime.

Anônimo disse...

A Iara ta magoada por não conseguir a reeleição. O Povo é burro, ingênuo, por não votar no PT!

Anônimo disse...

Depois que a Deputada Maoela D'Avila, desrespeitou um dos Símbolos do Brasil, cantando nosso Hino Nacional em rede social, deturpando-o com inserção da expressão "fora Temer", vamos esperarmos que exemplos enaltecedores de nossos políticos, que se dizem representantes do povo. Nos países desenvolvidos por muito menos os políticos por um ato deste renunciam a seus cargos, ou são destituídos, e respondem ainda criminalmente.

Anônimo disse...

Já pensou se os eleitores que não votaram pela continuidade da Administração, fossem embora? Santiago perderia 80% do seu PIB. Será que sobreviveria o Município?

Anônimo disse...

O engraçado é que o povo "ingênuo" e de memória curta não sé dá conta que aqui em Santiago do Boqueirão ainda existem as oligarquias. A dos Bochi e Brum na Uri; a dos Gorski na Uri e Prefeitura e a dos Pinto na Prefeitura.

Anônimo disse...

João Lemes muito me admira tu ter a coragem de envolver religião com política, e ainda querer dizer que baixou um Santo no Pastor Cláudio, isso só demonstra a tua ignorância em misturar duas religiões completamente diferentes...é bem coisa de blogueirinho de Santiago mesmo...Pega e vai a uma igreja pedir perdão a Deus que assim pode ser que essas tuas postagens melhorem, que Deus te abençoe rsrsrs

Anônimo disse...

Santiago sempre foi comandada por oligarquias, Pinto, Gorski, Sagrillo, Brum , Bochi, e quem não pertencer à elas ou não dizer amém pra esses aí, não tem vez.Se botarem amanhã uma mula (bicho) indicada por esses aí se elege em qualquer cargo. Se usar cabresto é sinal de progresso , Santiago está anos há frente das outras cidades. Vamos continuar construindo canteiros e pórticos,isso deve gerar muitos empregos.

Anônimo disse...

Olha que usar o nome de Deus em vão é um pecado capital, até na política. Outra, nosso Criador sempre disse, não iludis o próximo e cumpris vossas promessas. Então estamos sob as vistas e ao julgamento do nosso Pai.

Anônimo disse...

Teriam que dar algum cargo, Cc ou emprego pra essa gente toda que trabalhou de sol a sol para os candidatos, mas esses não ganham nada, coitaddos!!! E isso eu observo a muitos anos, o pobre , oh o pobre!

Anônimo disse...

Kkkkk ótima postagem essa falando do joao lemes kkk a melhor João o porra loca q nao vai postar isso por medo kkkk blogueirinho kkkk massa.

Anônimo disse...

Todos os crimes eleitorais não são de Ação Pública Incondicionada, a notícia crime está aí, e as providências?

Anônimo disse...

Progresso??? Floreiras e apenas isso para Santiago!!! Já se deram por conta que várias cidades da região tem Institutos federais de educação?? Porque Santiago não entrou na briga para ter um câmpus?? Seria porque iria diminuir as matrículas da URI?? É uma pena não termos oposição nos próximos 4 anos, agora cada vez mais vão deitar e rolar em cima do povo que se contenta com pouca coisa!!! Que tal fazer uma entrevista com os vereadores que se reelegeram para ver os projetos que fizeram e foram aprovados no mandato anterior?? Isso sim seria uma reportagem de fundamento!! E você João Lemes qual cargo de confiança ocuparás?? Afinal sua campanha por aqui foi um tanto quanto escancarada!!! P A L H A Ç A D A!!!

Anônimo disse...

Já era hora da mudança, infelizmente as pessoas não pensam o quanto 4 anos pode atrasar mais Santiago, pois, todas as cidades estão crescendo e Santiago parada no tempo. Temos que pensar em Santiago, pois, quem perde com isso é a própria cidade e a população em geral. Cade o saneamento básico em 100% da cidade, cade qualidade de Vida, cade lazer, cade saúde e cade emprego, os 4 da administração atual já esta quase no fim e não tiveram a preocupação com essas áreas e depois de Janeiro irá continuar a mesma coisa?

Anônimo disse...

Eita Santiago complicada essa não? é simples é só a população acreditar que mudar ou melhor escolher melhor pode ser a solução, pois, pior que esta pode ficar.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta