Subscribe:

Apoiadores:

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Ajudinha verbal no Dia do Radialista

(João Lemes)* Hoje é dia do radialista, uma antiga profissão que ainda é muito valorizada. Por mais que surjam veículos modernos, ninguém vive sem o comunicador de rádio. Parabéns a todos!

Só para colaborar, aqui vão algumas dicas para evitar derrapadas na língua:
O termo “a nível de” já virou vício, assim como o sonoro "éééée" entre as frases, ou os "assim, óh", "na verdade", "com certeza" "muito bem" e as palavras que perderam sua função por causa do excesso de uso para qualquer assunto como "extremamente", "verdadeiro" "caos" "literalmente" etc.

Também vimos o "gerundismo" tomar conta. Em Santiago virou hábito entre os agentes do governo, do comércio, professores: "vamos estar vacinando", " a gente vai estar sorteado", "vamos estar fazendo as inscrições"...   

Agora se vê outros novos vícios. Um deles é o já famoso "por conta de". Veja as frases:

0 comentários:

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta