Subscribe:

Apoiadores:

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Cães pelas ruas: um velho e crônico problema

Santiago - Os leitores do Nova Pauta reclamam dos cães pelas ruas e já alertam que de nada adianta um canil (vai estar sempre lotado) se os donos não têm a mínima responsabilidade. 

“O descaso dos donos desta cadela é revoltante! Ela e o filhote da última cria vivem soltos e já está no cio de novo, cruzando com cães no meio da rua. Espero que o dono doe todos filhotes para que não fiquem pela rua também, nem no canil onde já tem mais de 100 filhotes entre cães e gatos! É de extrema urgência que a prefeitura tome atitudes quanto à posse responsável. Cão deve ser mantido no pátio, não nas ruas. E a vacina é dada de graça!”, diz uma leitora.

Me pula uma lei
Senhores vereadores: “Precisamos com urgência da criação da lei da posse responsável e de pesadas multas. Só assim poderemos dar um basta nessa gente que tem animais para os outros cuidarem”, cobra outra leitora.

E as calçadas?
Não soubemos se uma lei vai resolver. Quantas coisas são regidas por lei e nada acontece? Vejam as calçadas! Cada qual faz de um tipo, com pedra lisa ou não e fica por isso. E quando se tem calçada não é nada, já que há muitas casas sem o dito passeio público. E mais: quando tem, o dono da casa acha que ele é dono também da calçada e faz o que bem quer nela. Vira até estacionamento de caminhão...

13 comentários:

Anônimo disse...

o que esperar de uma cidade, com plano diretor que deveria ser revisto em outubro deste ano, o plano de mobilidade urbano deveria ser feito em abril do ano passado, o código de postura municipal também tá caduco, a guarda municipal está irregular porque não foi regulamentada e o plano de saneamento básico tem até outubro do ano que vem para ser feito.Isso é cidade educadora.

Anônimo disse...

Os vereadores vão fazer o que. Os vereadores antigos vão querer doutrinar os mais novos. Depois dessa história do vereador Clairton que não tem gabinete, porque a câmara não se preparou par receber um vereador com deficiência, e não querem dar um gabinete grande, só por questões de vaidade. Acho que o vereador que ocupa esse gabinete fez um contrato de locação por prazo indeterminado.

Anônimo disse...

agora nós vamos ter a tia dos cachorros pra resolver isso.

Anônimo disse...

Esses comentarios me parece ser de alguns que ainda não engoliram os quase 8.000 votos de diferença na eleição,criticar e facil,que tal tentarem ajudar?

Anônimo disse...

Essa história de cachorros soltos para mim é normal, moro próximo a BR e do trevo saída São Borja e soltam cães toda semana não adianta avisar canil Polícia nada a gente tem que se cuidar pq esses cães ameaçam crianças, motoqueiros e ninguém faz nada,somos prisioneiros em casa por causa dos cães, não da para acreditar né mas é verdade.

Anônimo disse...

Essa história de cachorros soltos para mim é normal, moro próximo a BR e do trevo saída São Borja e soltam cães toda semana não adianta avisar canil Polícia nada a gente tem que se cuidar pq esses cães ameaçam crianças, motoqueiros e ninguém faz nada,somos prisioneiros em casa por causa dos cães, não da para acreditar né mas é verdade.

Anônimo disse...

Que povo kkkn

Anônimo disse...

Pra começo de conversa falta tudo no canil santiaguense, INCLUSIVE competência... Essa senhora que vive se clamando de esforços pelo canil não teve garra para planejar condições sanitárias naquele espaço podre! NUNCA PENSOU NUM PLANO DE EXTERMÍNIO DE CÃES VELHOS E SEM EXPECTATIVAS (sou a favor do extermínio sim!!! Eles não são humanos, consomem recursos e não prestam para nada no canil: ninguém os quer e, infelizmente elevam animais à nível de seres humanos!!!). É um absurdo a gente perder o sono, ter a propriedade invadida, conviver com matilha de cachorros durante a madrugada e outros estragos que eles causam. Em relação ao canil: NÃO COMECE O QUE NÃO PODE TERMINAR!

Anônimo disse...

Esse problema dos cachorros, está ficando insuportável, pessoas dando mais valor para um cachorro do que para seres humanos (alguns), na vila em que moro acho que é maior o numero de cachorros que de pessoas, aí todo dia e o pior de tudo, todas as noites é aquela sinfonia canina, e durma quem puder.
Reclamar para os donos dos animais não adianta,só gera cara feia e olhar atravessado. está na hora de alguem ou algum orgão publico tomar alguma providencia, sou contra o som automotivo em altos brados, mas essa algazarra de cachorros soltos nas ruas está incomodando mais, pois boyzinhos querendo aparecer não são muitos, mas cachorros soltos e tambem alguns presos dentro de patios fazendo barulho dia e noite está ficando incontável a quantia.

Anônimo disse...

A boa e velha carrocinha seria bem vinda,afinal de que adianta levar esses cães para o canil se lá é só um amontoado de animais doentes fedidos, aquilo só serve para um bando de inúteis fazerem pose de defensores de animais deixa-los naquela situação é CUIDAR,conheço inúmeras pessoas que adotaram animais no canil eles vieram doentes e logo morreram e o pior contaminaram o patio com suas doenças e acabaram matando os animais que já moravam na casa.Então a defensoria de animais só existe na prática para uma certa "veterinária" ganhar eleição.

Anônimo disse...

Os donos ignorantes nao entendem que isto é problema de saúde pública os animais pelas ruas defecando e espalhado doenças. Isto é perigosos e revoltante. Lugar de cao e dentro do pátio

revoltaonline disse...

Quanto aos cachorros, dá pena mesmo ver este animal sempre na rua rodeada por outros cães, sem contar que um folhotinho pequeno ainda anda juntos às vezes, bem fez a pessoa que postou essas fotos e comentário!!Aplausos prá ela!!!O dono do animal tem condições de prendê-la e não o faz por negligência!!
Comentários acima feitos anonimamente, colocam situações que com certeza são desconhecidas pelos eleitores do 11. Santiago e sua política passada de um membro da família para outro. Triste isso!!

Anônimo disse...

acho que passaram super bonde naqueles cuscos ali.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta