Apoiam este projeto:

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

UFSM: justiça ordena a desocupação


Em resposta à uma ação impetrada pela Advocacia Geral da União, por meio da Procuradoria Jurídica da UFSM, a Justiça Federal concedeu liminar de reintegração de posse que determina a desocupação dos prédios pelos alunos que protestam contra a PEC do teto dos gastos públicos.

A liminar dá três dias para a desocupação pacífica de todos os prédios. Caso a desocupação não ocorra no prazo, serão usados meios indiretos de coerção, que incluem multa (5 mil para os manifestantes alunos ou servidores e de 15 mil para quem não tenha vínculo com a instituição) e suspensão dos direitos acadêmicos.

Se essas medidas não surtirem efeito, será expedido mandado de reintegração de posse “a ser cumprido por oficiais de justiça com o auxílio de força policial, ficando autorizada a interrupção dos serviços de água e luz nos prédios ocupados”.

3 comentários:

  1. ate que um dia esses comunistinhas doutrinados vao vazar......

    ResponderExcluir
  2. concordo essas ocupacoes de escolas escondem um monte de podridoes uma delas e a doutrinacao comunista.concordo.

    ResponderExcluir
  3. tambem concordo pois tinha gente do psol pcdob pt e mst envolvidos tem videos deles dentro das ocupacoes que provam o vies ideologico pregando o comunismo.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta