Apoiam este projeto:

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

E se a moda pega? Já pegou!

 Santiago - Quanto mais se fala em Cidade Educadora, parece que mais relaxas das pessoas ficam. Hoje recebi esta denúncia de uma moradora do residencial Duque de Caxias, atrás do Medianeira, bem no centro de Santiago.

Desde o Natal
Ela relata que no Natal ou fim de ano, um morador daquela rua (não necessariamente do prédio) colocou um colchão de casal na calcada e lá está. “Penso que esse morador imaginou que uma pessoa menos favorecida fosse levar. Mas isso não ocorreu.
O que aconteceu? Veio, chuva, veio sol e ele lá está. Com um odor horrível e, com certeza, servindo de foco de vários insetos. Como a coleta do contêiner não leva, esse cidadão poderia ter se dado conta e ter feito a remoção, pois está com um aspecto horrível e causando desconforto a quem leva o lixo no contêiner ao lado”.


5 comentários:

  1. No centro calçadão tem fundos de casa antiga que tem cargas de lixo nos fundos. Fiscalização que é bom, nada.

    ResponderExcluir
  2. Mas quem é esse cueca de saco q botou o colchão la tem q tirar..

    ResponderExcluir
  3. Arrumem o avião do Bonoto pra dar uma fiscalizada pelo alto, nessas casas do centro, que são criadouros de mosquitos, ratos e até cobras, vocês estão no poder, mas avião quem tem são os bonoto!!!

    ResponderExcluir
  4. Esses containers foram péssima ideia: são lixões que acumulam gases e atrapalham a visão e ocupam lugar de estacionamento! Risco de saúde para quem abre aquelas caixas, pois é fedido e origina muitos gases, além do mais não tem alguém que as lave periodicamente! Péssimo isso!!! Parabéns aos amigos coletores de lixo, são meninos esforçados que merecem nosso respeito todos os dias!!!!

    ResponderExcluir
  5. Não existe fiscalização. Pedem pra denunciar. Aí você denuncia e não acontece nada, nem visita. Tem mais é que multar mesmo.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta