Apoiam este projeto:

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

O velho drama das boates, das (in)conveniências e da baderna

(João Lemes)
Os Bombeiros interditaram uma boate em Santa Maria porque parte do teto desabou. A casa noturna chama-se Kasarão On Stage e fica no centro. A equipe responsável pela interdição disse que foi necessário fazer a evacuação urgente.

Superlotação
Esses fatos relembram algo aqui em Santiago. A lei determina (e os bombeiros exigem) uma série de normas, dentre elas, um número x por eventos. Só que depois que todos entram nas boates e outros locais, ninguém mais tem notícia de fiscalização. E se porventura alguém achar que a casa esteja superlotada, que faça as contas. Caso se confirme, que vá embora calado para diminuir o número de ocupantes.

(in)conveniências
Já sobre as conveniências, há muito esse problema é discutido sem nenhuma solução. Antes era nos postos, agora é nos postos e nas lojas de conveniência que brotam em todos os cantos. A lei de livre comércio permite, mas quem paga um preço alto pela baderna de som alto e ruas sujas de xixi e garrafas a torto e a direito? A sociedade?

Lei para todos?
Essa mesma lei que permite o comércio da “birita” também manda punir quem estiver com som em alto volume; manda punir quem dirige bêbado e determina a paz pública. Alguém está cumprindo essa lei?

E agora, vereadores?
Em Santo Ângelo e em outras cidades houve acerto entre promotoria e esses bares para que não vendam nada mais a partir da meia-noite. Aqui também seria fácil algo assim e é o que vamos esperar dos novos vereadores e prefeito.

6 comentários:

  1. sou vizinho aqui do bar da bento goncalves e nao vejo problema nenhum pois nao tem som alto ,acho que quem nao quer ouvir nada dai fica dificil morar na cidade.

    ResponderExcluir
  2. Querem acabar com Santiago mesmo! Nova Pauta tu é uma piada! Vão achar o que fazer

    ResponderExcluir
  3. Santiago ja ta uma bosta com essa lei do som agora mais essa dai, querem deixar a cidade morta mesmo,tem muita gente q trabalha e tambem tem o direito de se divertir e escutar suas musicas do mesmo geito q outros querem so dormi!!!

    ResponderExcluir
  4. É simples é só fechar os estabelecimentos as 22 HS e a partir das 21 HS só vender bebidas em copos descartáveis. Para facilitar a limpeza posterior as 22 HS.

    ResponderExcluir
  5. Os Vereadores de Santiago podem coçar ajudando ao prefeito a procurar empresas de grande porte interessadas a vir para Santiago para empregar a população que é carente nesta área, pois, Santiago tem tudo e não tem nada, pois, se tivesse emprego não teria tantas pessoas depressivas ocupando filas para ir a médicos para tentar resolver a falta de emprego que a cidade é responsável por isso, com medicamentos, pois, eu acho um absurdo a pessoa, nascer, crescer, viver na cidade e na hora que quer trabalhar ter que ouvir porque não abre seu próprio negócio, ou se a pessoa quiser ser alguém e querer ser funcionário e não ter vocação para Empreendedor ter que ir embora da cidade de Santiago, porque falta vontade política de trazer grandes empresas e Indústrias e aquela velha desculpa de que Santiago fica longe de tudo é apenas má vontade em querer resolver problemas básicos de Santiago, tanto os Vereadores quanto o Prefeito poderiam começar a pensar mais na população como um todo e dar a oportunidade do munícipe ser alguém em Santiago sem precisar ir embora.

    ResponderExcluir
  6. Imagina se esse pessoal que está reclamando morasse em cidade grande...

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta