Apoiam este projeto:

sábado, 21 de janeiro de 2017

Santiago na era da internet estável e veloz

Carregando... Carregando... Carregando...

(Por Gabriele Arcy-jornalista Expresso)
A notícia é boa para quem não aguenta mais ver essa palavra nas telas do micro, tablet ou smartphone. Agora a internet santiaguense ganhou um salto tecnológico e chegará nas casas com a velocidade da luz. A SantiagoNet trouxe a fibra ótica, uma tecnologia muito mais veloz e estável que as transmissões por rádio (antenas) ou cabo (fios de cobre).
Já existem 42 pontos funcionando na cidade desde o final do ano passado. Os primeiros a receber foram as ESF’s, escolas e creches devido a uma licitação da empresa com a prefeitura. Alguns clientes também já estão com a nova tecnologia; caso do Hospital de Caridade. A SantiagoNet está agendando novas instalações. Fone: 3251-5000.

Uma conexão sem limite!
A maior queixa e justificativa para o baixo custo-benefício da internet santiaguense é a localização do município. Como não havia infraestrutura com cabos de fibra ótica, uma das principais alternativas era a internet via rádio – facilmente prejudicada por obstáculos entre a torre transmissora e antena na casa do usuário. Porém, para o empresário Mauro Nicola, da SantiagoNet, agora isso é coisa do passado. “Santiago fica em desvantagem geograficamente em muitos setores por ser um ponto neutro na região. Agora, estamos entrando em uma nova era das comunicações. A fibra veio para eliminar o limite do usuário e trazer estabilidade à conexão”, comemora o empreendedor. A ideia da empresa é, com o tempo, substituir toda a rede de internet por fibra ótica. Por enquanto, para já melhorar o sinal via rádio, serão fibradas as 22 torres que há em Santiago.


Tecnologia para toda a cidade
Para chegar a Santiago foi preciso construir uma linha de transmissão com Santa Maria. Quase 170 km de fibra ótica foram instalados por uma empresa de lá. Na cidade, a SantiagoNet foi a responsável pelo projeto de instalação que abrange toda a área urbana. Uma malha principal, com 32 km de cabos, se estende pela cidade por meio dos postes de luz e mais de 100 pontos de distribuição foram instalados. Para isso, foi preciso conseguir autorização e homologação da RGE (na época AES Sul) e da Anatel, uma empreitada que começou ainda em 2015.


Quanto mais vizinhos quiserem, melhor!
Essa malha permite o atendimento em todos os bairros. Porém, o proprietário da SantiagoNet, Mauro Nicola, explica que pode demorar para chegar em locais distantes, caso não haja interesse de muitos moradores. “Primeiro temos que fazer uma avaliação técnica da localização. Mesmo a malha principal estando por toda a cidade, pode haver algum bairro que precisaremos esperar devido à infraestrutura necessária (distância e estado da rede elétrica). Por questão de custo-benefício, vai demorar mais para chegar a locais com apenas um cliente. A tendência é que consigamos atender todo mundo, mas no começo vamos dar prioridade aos lugares com mais interessados”, explica Mauro.


O custo da velocidade
Quem quiser receber o sinal por fibra ótica deverá desembolsar de 300 a 500 reais para a instalação. O custo mensal de um pacote mínimo (3 megas) é de 159,90. Atualmente, quem tem essa velocidade pela transmissão via rádio paga 139. Assim, fora o investimento na instalação, o gasto mensal aumentará pouco mais de 20 reais. De acordo com a empresa, 3 megas com fibra equivalem a 10 megas da internet a cabo (DSL).

O que é a fibra ótica?
É um fio muito fino, flexível e transparente feito de quartzo e revestido por duas camadas, uma de vidro e outra de plástico (polímero). Por meio do reflexo, a fibra transporta luz em seu interior. É muito utilizada na medicina e nas telecomunicações. No caso da internet, funciona para a transmissão do sinal de forma mais eficiente e econômica (usa apenas a luz como meio de propagação).

Muitas vantagens, mesmo abaixo de raio e muita chuva
Não tem interferência eletromagnética; não tem problema com raio e chuva forte; é mais veloz e tem um alcance muito maior (enquanto um cabo tem limitação de 100 metros, o mesmo equipamento com fibra ótica chega a 20 km); os cabos de fibra são muito leves e compactos e imunes à oxidação e corrosão. A fibra também possibilita a união de outros serviços pelo mesmo cabo, como o telefone e a TV (planos para o futuro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta