Apoiam este projeto:

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Sartori vaiado, mudo e desrespeitado

O prefeito Tiago, o secretário Westphalen, Sartori e Marco Peixoto
O governador Sartori (PMDB) veio a Santiago nesta sexta inaugurar uma compacta Estação de Tratamento d'água (ETA). Muitos foram recebê-lo e também fazer protesto, caso dos agentes penitenciários e professores. Em meio às vaias, houve até desrespeito à autoridade máxima, que chegou muda e saiu calada.
Sartori, ao ver as faixas de protestos, chegou e foi direto cumprimentar os manifestantes num gesto de cordialidade e de reconhecimento ao ato, "mas pro que foi": Muitos, além de não estenderem as mãos, ainda se viraram de costas e depois seguiram proferindo palavras de calão. Com isso, Sartori não falou, nem esquentou banco e rumou para Bossoroca onde foi inaugurar um trecho de asfalto na 168.

Obs. O que devemos esperar dos outros quando os educadores cometem tal atitude com o chefe do Estado?
Até o presidente do Tribunal de Contas veio no ato do governador. Por certo, deve estar agradecido por ele não ter cortado o duodécimo (verbas do Tribunal e do Judiciário) 

37 comentários:

  1. É FATO: como esses professores, que há anos reivindicam aumento, gastam seu dinheiro? Lembrem-se que há mtos profissionais que ganham muuito menos que vcs, e essa manifestação foi ridícula! Ninguém quer saber se esse governo herdou horrores de pontos negativos de outros governos, só querem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. perguntinha básica: o que fazia o presidente do tribunal de contas do Estado na comitiva,ele não seria por ACASO o fiscal das contas do governo ???

      Excluir
    2. Professores, entendo a indignação, mas convenhamos, vcs deveriamser um exemplo de educação ou é isto que ensina em sala de aula?

      Excluir
    3. Ridícula é a manutenção das benesses dos políticos, das grandes empresas, enquanto os servidores são massacrados... sem salário em dia, sem 13o, sem reposição... Lamentável fechar os olhos à situação dos que ganham pouco e confiaram seu voto...

      Excluir
    4. O sr(a) deve ser dá elite que acha que trabalhador deve ganhar uma miséria e ser explorado ou pior, é trabalhador puxa saco e conformado. Defender esse sacana que nem o salário do funcionalismo paga em dia é dá isenções milionárias para grandes empresas é piada!

      Excluir
    5. Você tem que ser anônimo mesmo com essa opinião. ..

      Excluir
    6. Em que mundo tu esta? Que realide tu gravita? No mínimo nunca fostes educando, pois educado pelo jeito não foste. A realidade e que dependemos dos professores para mudar a educação e democraticamente nos livrarmos de politicos demagógicos, como Sartori.

      Excluir
    7. É isso que acontece quando o governador fala mal do anterior mas só consegue ser bem pior que ele.

      Excluir
  2. GENTE MAL EDUCADA. com essa atitude não se negocia nem se consegue respeito. Qto. ao Marco Peixoto, ele vive em Santiago , logo não ia perder essa oportunidade de aparecer. O que o tribunal de contas tem a ver com estação de tratamento de água ?

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente, independente de ser ou não servidores públicos todos tem direito de receber o que é seu de direito. O estado pode estar em situação complicada mas isso nao justifica a falta de respeito com o trabalhador. Querido anonimo verefique o quanto a inflação ja subiu desdo ano 2015 em que o Sartori assumiu nosso governo e veja que nós professores formadores de cidadãos não recebemos nem 1% de reajuste salarial, alem claro de receber o 13° parcelado em 12x que por sinal amigo(a) veja na constituiçao a ilegalidade que o senhor chefe de estado esta cometendo conosco. Portando o ddesrespeito patiu dele quando não cumpriu o que a lei determina.Para finalizar acredito que nao deves ter passado um final de ano sem dinheiro e devendo para bancos pagando 12,5 % de juros. Forte abraço

    ResponderExcluir
  4. cidade educadora , que papelao povinho de santiago!!!! respeito e bom!! falta de educaçao dos nossos educadores!

    ResponderExcluir
  5. concordo essa instituicao tinha que ter reclamado la atraz quando os governos petistas afundaram o rio grande e o brasil ..o gringo ta fazendo o que pode..

    ResponderExcluir
  6. Santiago ficou bem na foto falar o do seu povo...todos tem suas razões mais acho que não resolveu nada não mudou em nada o tal protesto ficou até feio pra santiago mais cada um é cada um né. .

    ResponderExcluir
  7. Que feio,vergonhoso,falta de respeito.

    ResponderExcluir
  8. Teriam que vaiar quem quebrou o estado

    ResponderExcluir
  9. Me parece que este jornalista não acompanha os despeito que este governador faz com o funcionalismo publico desde debochado parcelamento de salários, décimo, férias entre outras.

    ResponderExcluir
  10. Deviam ter levado o governador para um passeio de carro até São Chico, assim e constataria pessoalmente a situação de abandono da nossa região por parte do seu governo.

    ResponderExcluir
  11. Fácil falar quando não é você que recebe a 1 ano um salário parcelado e que mal dá pra se sustentar.

    ResponderExcluir
  12. Ridícula é a manutenção das benesses para poucos privilegiados... a manutenção das isenções fiscais das empresas que poucos empregos geram em contrapartida, a manutenção das benesses dos políticos!! É impossível fecharmos os olhos enquanto aqueles que ganham pouco não estão recebendo sequer seus salários em dia, seu 13o, ou mesmo reposições da inflação...

    ResponderExcluir
  13. Ridículo é uma pessoa usar o anonimato para fazer um comentário insano. Pelo jeito tens vergonha do que escreve!

    ResponderExcluir
  14. Este governador e sua equipe são mais incompetentes que já passaram pelo Piratini, está no meio do seu mandato e não fez nada, aliás os assassinatos e roubos só aumentaram, parem de colocar a culpa nos governos anteriores e assumam as responsabilidades.

    ResponderExcluir
  15. Se um bandido entra na sua casa e leva seu salário TODO MÊS e depois vem querer apertar sua mão, e vc sabe q ele vai fazer o mesmo no mês que vem, vc apertaria?

    ResponderExcluir
  16. "Anônimo", esse governo veio com um propósito bem claro terminar a obra do Britto e do Rigotto seguida da Yeda que é o desmanche o estado. Estado minimo para o povo e máximo para os amigos e flia. Veja as isenções fiscais a secretaria da esposa inoperante, as férias com exoneração e depois readmissão. Este é o governo que mais desrespeitou ate hj. os servidores públicos, portanto teve o que mereceu vaias e desprezo. Quanto aos professores estarem recebendo bem, você anônimo está redondamente enganado.

    ResponderExcluir
  17. Queremos que gringo governe em vez de passar todo o estado nos trocos pra pagar cc's.

    ResponderExcluir
  18. Tu deves ser mais um que não passou por professores e que bajula um gringo sem projetos. Tenta ser aprovado num concurso, daí conversaremos....

    ResponderExcluir
  19. Todos os Governos herdaram horrores de dívidas, mas nenhum fez o que esse ta fazendo com quem realmente trabalha!!! Fora Sartori, Governo dos empres´rios...

    ResponderExcluir
  20. apenas para lembrar, o Tribunal de contas é órgão auxiliar do Poder Legislativo e não do Poder Judiciário....

    ResponderExcluir
  21. Esse sr. ao qual se diz autoridade máxima do estado não respeita as leis. Paga parcelado os salários do funcionalismo, paga parcelado o 13º que por lei deveria ser pago até o dia 20 de dezembro, faz piada com isso e nem vou falar do piso nacional. Deixou as pessoas sem $ em pleno final de ano. Extinguiu instituições, nomeou a primeira dama, exonerou pra tirar férias na Flórida enquanto o funcionalismo nem pra comer tem... Me parece que o desrespeito começou muito antes dessa manifestação e não foi por parte dos professores e agentes. É muito fácil falar qdo não está vivendo a situação.

    ResponderExcluir
  22. TEM MUITO PROFESSOR(A0 incompetente, QUEREM GANHAR PELOS RESULTADOS FRACASSADOS desde a alfabetização??? Já viram comentários sobre a péssima qualidade de ensino??? ACHAM QUE É SÓ DEVIDO AO SALÁRIO NÃO PAGO??? Pensem antes de pedirem o que lhes é de direito se sua obrigação não é cumprida!!!!

    ResponderExcluir
  23. Acho engraçado que reclamam da falta de salário mas gastam com roupas e perfumes de marca, tiram férias em praias, comem do bom e do melhor E REALMENTE NÃO CUMPREM A OBRIGAÇÃO DE ENSINAR, pois os alunos mal sabem escrever uma redação no Vestibular! Crianças ainda saem analfabetas do Ensino Fundamental, e nem vou comentar sobre os abusos de professores cometidos em sala de aula... PORQUE NÃO MORALIZAM A CATEGORIA ANTES DE EXIGIREM SALÁRIO E AUMENTO??? Essa guerrinha dos professores contra o Governno já está chata demais.

    ResponderExcluir
  24. Professores educadores? Bah!!! Já cansou essas greve e manifestação, vão baxar a cabeça e vão trabalhar!

    ResponderExcluir
  25. Caro Blogueiro João Lemes:
    Fiquei admirado de ver que você se referiu as pessoas que estavam se manifestando contrariamente ao atual governo do Sartori e do pmdb, como mal educados. Incluiu em especial os professores que estavam naquele evento que em tese não teriam condições de serem educadores por seus atos demonstrados. Talvez se esses manifestantes e professores recebessem seus salários em dia e não fossem apontados pelo governador como culpados pela situação financeira do Estado, os manifestantes estariam fazendo o contrário, ou seja, agradecendo ao governador. Porém, um governo incompetente e sem projeto que humilha seus funcionários e previlegia grupos financeiros com incentivos fiscais, não mereciam esse tratamento. Caro João Lemes, na minha concepção, você deve um pedido de desculpa para todas aquelas pessoas que lá estavam protestando contra a incompetência do atual governo Sartori - pmdb e seus aliados. Gilmar Amaral

    ResponderExcluir
  26. Amigo Gilmar: desculpas quem deve pedir é quem deu as costas num gesto lamentável quando o correto seria protestar, sim, mas dialogar também. Afinal, o protesto não pede diálogo?, ou querem resolver tudo na base da gritaria? E também soube que veio uma van de Porto Alegre para engrossar a fila do protesto. Quem estaria infiltrado neste protestos? Acredito que professor não eram, porque professor ensina apenas boas maneiras... Santiago sempre tratou bem seus visitantes, mais ainda quem vem anunciar melhorias. Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Concordo que a situação está difícil para o funcionalismo,mas pensem um pouco não é melhor receber parcelado que não receber nada?Outra coisa perderam uma bela oportunidade de conversar civilizadamente com o governador,expor seus pontos de vistas cobrar solução,o que fizeram foi baixaria, queira ou não ele é uma autoridade e como parte da educação (que eles demonstraram não ter)precisa ser respeitada.Também acho errado culpar a classe dos professores como um todo quem foi lá fazer fiasco foram alguns 20 ou 30 e no meio tinha meia duzia de sindicalistas que haja o que houver estarão fazendo baderna não importa que partido seja"se ai governo sou contra".

    ResponderExcluir
  28. Acho até plausível o pessoal se manifestar, concordo que não podemos aceitar tudo de braços cruzados, mas justamente o pessoal da educação faltar com respeito, convenhamos. Como disse, não sou contra movimentos, mas não venham me aparecer com bandeira de CPERS, CUT e o escambal, para mim deslegitima qualquer ato.
    Outra coisa que vejo é que muitos reclamam do salário baixo, mas será que alguns buscam estudar para melhorar de vida ou se formaram e se atiraram nas cordas. Meu pensamento é o seguinte: se achas que esta ruim, o que estas fazendo para melhorar, já pensou em estudar para um concurso ou migrar para um emprego que tenha salário maior.
    O polaco pegou o Estado em pandarecos, e acho que está fazendo muito até.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta