Apoiam este projeto:

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Tão novinhos e já assaltando?

Gangue de adolescentes
Santiago - Na madrugada de domingo uma guarnição da Brigada flagrou vários jovens agredindo duas meninas na rua Venâncio Aires. Ao notar a viatura, abandonaram um celular numa lixeira e correram, mas foram foram abordados e identificados. Eram quatro adolescentes e mais três meninas de 15 e 17 anos. As duas vítimas tinham lesões no rosto e nas pernas. Relataram que foram assaltadas pelo grupo. Diante dos fatos, os acusados foram apreendidos para as providências. (Foto apenas ilustrativa)

Machão acabou na cadeia
Santiago - E no sábado uma guarnição compareceu na rua Antão Medeiros Beltrão, bairro Nei Pereira, onde uma mulher era agredida. Ela estava machucada na cabeça, nos braços e pernas.
O agressor largou um facão e investiu contra os policiais, sendo necessário uso da força e de algemas. Assim, o senhor M. E. R. (35 anos) foi parar na cadeia.

13 comentários:

  1. A revolta e a raiva vêm por vários caminhos desse ato do assalt provocado pelos adolescentes: (1) Até que ponto os adolescentes são frágeis? (2) Formação de quadrilha! (3) Covardia! Quem se encarregaria de uma lição dura para que não voltassem a roubar??? A lei não deixa... os acolhedores não tem força, sequer metodologia para conscientizar sobre o que fizeram... os pais, nem se comenta a respeito... Na minha opinião, deveria-se agir como se fossem adultos, apenas isso! Pergunta que não quer calar: Se armaram em grupo para assaltar duas meninas; porque não foram contra um adulto? Medo de apanhar? COVARDES!!!

    ResponderExcluir
  2. Gentalha que os pais não qurem dentro de casa! Vagabundos que machucam já cedo para virarem marginais no futuro isso sim! Uma coça bem dada podia lhes trazer vergonha na cara!

    ResponderExcluir
  3. Vadios ordinários! E essas meninas q andavam junto? Tinha que apanhar parelho e responsabiliza os pais com dinheiro para aprenderem a conter os filhos dentro de casa. Isso é resultado de pais que não tem nada a oferece para os filhos que botam no mundo.

    ResponderExcluir
  4. Tratamento de adulto para esse pessoal, ainda mais quando machucam outras pessoas. O que esprar mais adiante deles, no futuro? Mais roubo, chantagens, violência, etc. Cidadãos excelenes que serão

    ResponderExcluir
  5. E o policiamento nas ruas, acabou? ficam tudo dentro do quartel socializando e reclamando para a população do pouco que ganham.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não leu a matéria ? Foi a brigada quem avistou o roubo e intervir a tempo de prender os marginais. ... Quem é contra a polícia só pode ser a favor dos bandidos

      Excluir
  6. Poise mas hoje em dia os pais n podem nem da um tapa porque chamam o conselho ai os filhos axam q podem fazer o que qrem pq os pais n tm autoridade,mas qndo os policias prendem alguns eles dão pau pq q mae e pai q sustentam dão tudo n podem bate?

    ResponderExcluir
  7. Meu amigo esta precisando prestar mais atenção na noticia,pois foi graças aos policiais que estavam fazendo a ronda que conseguiram pegar esses marginais.Tem gente que da um dedo para criticar a nossa policia.

    ResponderExcluir
  8. E isso que santiago é pequena! Sem policiamento, com violência crescendo, com população encarcerada em casa... vergonha, vergonha para os que governam ou tem poder na cidade. Sim, concordo com os outros comentários: COVARDES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. E o conselho tutelar aonde estava quando a gangue de menores estavam roubando? Quando não convém o conselho tutelar vem meter o bedelho,agora quando é pra tomar uma atitude com menores como essas não tomam nenhum conhecimento. E cadê os pais desses vândalos que deixam andar vagando pela rua fazendo esse tipo de coisa ??
    Pra trabalhar são crianças mas pra fazer vandalismo não são,teriam quer sofrer as consequências como um adulto.
    Conheço as meninas que foram covardemente atacas,pessoas de famílias que estavam esperando os pais buscarem para ir pra casa,enquanto as menores andavam vagando pela rua procurando alguém para cometer qualquer ato infracional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conselho Tutelar não é polícia. Quem tem que dar exemplos e educação são os pais. É na família que se adquire valores. Só vejo reclamação da Brigada Militar, quando acontece alguma coisa essas pessoas que crucificam os policiais chamam quem? O Batman?

      Excluir
  10. Pois é...infelizmente as coisas estão sempre aos extremos.
    Vejamos: as crianças e adolescentes ainda estão respaldadas por uma Constituição de 1988 e um Estatuto de 1990, as pessoas mudam e as leis não, vivemos em outra realidade desta em que tínhamos no século passado.
    Também, a Lei Maria da Penha, desse século, pretende proteger e resguardar a família, porém a família não se adaptou à Lei, pois o agressor "dorme" no presídio e volta para casa, a esposa já está esperando com "saudade" com o chimarrão pronto.
    Sigo o pensamento de Sócrates: "Só sei que nada sei..."

    ResponderExcluir
  11. A brigada militar não brilha mais, perdeu poder e os jovens não têm medo ou receio dela! Continuem com a rotina do faz-de-conta, reclamando salário baixo, sucateamento e falta de condições. QUANDO CUMPREM O QUE É PARA FAZER E PARA O QUE SÃO PAGOS TAMBÉM RECLAMAM!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta