Apoiam este projeto:

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

A 377 em versos

Tadeu Martins*
Viajar daqui de Santiago
Para São Chico de Assis
É passeio perigoso
Eu digo porque já fiz,
O asfalto é uma tristeza
E a buraqueira é feliz.

        Só fica de boca aberta
        Comendo roda e pneu,
        Bebendo água de chuva
        Nem aí de quem sofreu,
        Numa festa de família
        Festejando jubileu.

Tem o buracão-avô
Que a gente vai ou não vai,
Tem o buraco mais novo
De tocaia pra quem cai,
Tem o buraco-netinho
Sonhando um dia ser pai.

        Que o padre da Picada
        Lá do céu tenha uma fresta
        E mande pra buraqueira
        Alguma praga celesta,
        - Cada buraco se feche
        Para acabar com esta festa -

*Artista plástico e escritor santiaguense, presidente da Academia Santiaguense de Letras.

5 comentários:

  1. total descaso das autoridades e ausência do estado. Só sofre quem passa por esse calvário. ainda tem na espreita radares sorrateiros.

    ResponderExcluir
  2. Situação absurda dessa estrada, é inacreditável que ninguém faça nada. Onde estão os políticos que receberam votos na nossa região?

    ResponderExcluir
  3. Essa estrada é uma vergonha. Total descaso das autoridades competentes. E os políticos da região não fazem nada. Vergonha tudo isso...

    ResponderExcluir
  4. Por favor senhores governantes façam uma viagem de Santiago a São Chico uma vez apenas pra saberem o que o pessoal que usa esta estrada várias vezes está passando, isso é um descaso, isso é uma vergonha.

    ResponderExcluir
  5. ESTA ESTRADA É UMA VERGONHA....
    QUEM PODERÁ FAZER ALGUMA COISA?

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta