Apoiam este projeto:

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Quem quer emprego?

Sempre falamos que em Santiago não falta tanto emprego como no resto do país, falta é qualificação. Vejam, este emresário quer contrar de imediato alguém que saiba operar um determinado programa para uso da área gráfica. “Preciso de gente para trabalhar  e saiba lidar com o programa Corel Draw. Interessados podem enviar currículo para miguelpubli.com@hotmail.com

3 comentários:

  1. bah se fosse face draw ou zap draw teria milhares com vasta experiência!

    ResponderExcluir
  2. Eu sou qualificado e capacitado na área administrativa, mas por minha formação ser de fora do estado e da cidade os empresários de Santiago fecham as portas de emprego para mim, sendo que sou nascido em SANTIAGO, me tratando até como se eu fosse um estrangeiro e dizendo que como não tenho experiência em Santiago não sirvo para trabalhar aqui, isso é preconceito e nós candidatos temos que aguentar coisas desse tipo de empresários que acredito eu precisam fazer uma reciclagem, pois, emprego é Nacional e não Bairrismo que é o que acontece aqui, os empresários preferem ter prejuízo e contratar alguém de indicação que não tem qualificação nem capacitação do que uma pessoa qualificada e capacitada, pois, faz 3 anos que voltei a Santiago e não tive oportunidade de emprego até o momento, ou seja, esse bairrismo só faz mal a economia da própria cidade. Quem perde a cidade.

    ResponderExcluir
  3. Não falta qualificação. Falta bons salários! Conheço várias pessoas bem qualificadas que tiveram que sair de Santiago para conseguir ganhar um bom salário, pois o oferecido pelos empresário daqui chega a ser ridículo. Querem qualificação, mas não querem pagar por ela. Capacitação custa caro para não ser valorizado! Paguem bem e terão excelentes profissionais ao lado.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta