Apoiam este projeto:

quarta-feira, 1 de março de 2017

Mulher presa ao tentar subornar policial

Notícia repercute no estado
(Foto: Blogue Rafael Nemitz)
Santiago - Uma mulher de 25 anos foi presa em Santiago ao tentar subornar um policial rodoviário federal para que não a multasse. Ela dirigia um Fiat Uno de Santa Maria quando foi abordada na saída do Carnaval de Jaguari. O nome da motorista não foi divulgado. Conforme a PRF, ela se recusou a fazer o teste do bafômetro. Então, seria multada, sua carteira seria suspensa...
Leia mais em Expresso Ilustrado

Resultado da Operação 
Carnaval na região
A Operação Carnaval fiscalizou 2813 veículos e fez 1.983 testes de bafômetro (no ano passado foram 768). Destes, 48 motoristas estavam alcoolizados. Ainda foram recolhidas 47 carteiras e 25 documentos de veículos. Oito veículos removidos ao depósito do Detran.

Nove pessoas acabaram presas durante as quatro noites; três por embriaguez, quatro com a carteira suspensa ou cassada, uma por corrupção ativa. Também houve a prisão de um jovem por porte ilegal de arma e posse de drogas. No total da área da Polícia Rodoviária de Santiago foram aplicadas 154 autuações de trânsito.

Ex-marido ciumento mata
três mulheres a facadas
Santa Catarina - Uma mulher de 23 anos e duas adolescentes (15 e 12 anos) foram mortas a facadas em Cunha Porã - Santa Catarina. O assassino é Jackson Lahr, de 24 anos, ex-companheiro de uma delas. Em uma crise de ciúme ele invadiu a residência na noite de sábado e matou as três. O ex-casal tinha um filho de dois meses. Ainda foi ferido o esposo de Julyane, de 25 anos. Jackson foi preso horas depois. Ele já tem passagem pela polícia. (Foto: O Pioneiro)

2 comentários:

  1. é eu sou a favor do fim da venda de facas... facas matam pessoas!

    ResponderExcluir
  2. entendi seu comentario ,os paises com maior porte de armas sao os menos violentos .vamos terminar com os carros e motos eles tambem matam.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta