Apoiam este projeto:

domingo, 12 de março de 2017

São Vicente tem novo prefeito

O ex-vereador Paulinho Flores (PMDB) acaba de ser eleito em São Vicente com 2.883 votos. Seu opositor, o ex-prefeito Fernando Pahim (PP), ficou com 2.655, uma diferença de 228 votos. Paulinho nunca tinha sido prefeito. Já Fernando Pahim comandou por quatro anos e acabou perdendo a reeleição em outubro de 2016 por 34 votos. O vencedor foi o também ex-prefeito Jorge Martins (PTB), mas este não pôde assumir porque tinha processos na Justiça. Nesta nova eleição, vitória do PMDB, que volta ao poder depois de muitos anos. O último a comandar foi a prefeita Tita Deon.

Diplomação - A diplomação será dia 7 de abril e a posse em 1º de maio, Dia do Trabalhador. Por ora, fica no cargo José Luiz Cogo de Carvalho (Gordo - PTB), o "prefeito tampão, que depois retorna à presidência da Câmara.

Paulinho Flores (44 anos) é açougueiro. Em 2000 elegeu-se vereador pela primeira vez, ficando até 2012. Nos últimos quatro anos abriu mão da candidatura para se dedicar à família (a esposa estava grávida de gêmeos). Ele era o preferido do veterano ex-prefeito Martins (PTB) em outubro do ano passado, mas não quis ser seu vice. Agora aceitou encabeçar a coligação PMDB PTB, PPS, Solidariedade e saiu vencedor.
Paulinho e o vice Vagner Martins (Totti)


Além de São Vicente, houve eleições em Arvorezinha, Butiá, Gravataí, Salto do Jacuí e São Vendelino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta