Apoiam este projeto:

sexta-feira, 28 de abril de 2017

A tão falada pena é retirada da calçada


Santiago – Muitos estavam indignados com a pena na calçada na Barão do Ladário. Sendo assim, a Prefeitura resolver retirá-la nesta sexta (28). Ela será colocada na entrada do parque Zamperetti. O secretário Haroldo Pouey (Obras) concorda que o monumento não estava bem posicionado. Ele diz que será feito um projeto para local, já que é a entrada para um dos pontos turísticos do município, que é a Estação do Conhecimento.

A pena – O símbolo que representa a literatura foi criado para recepcionar quem chega em Santiago. A pena também foi colocada em outros pontos da cidade, como na Rua dos Poetas. 
Trevo de acesso pela Padre Assis (Posto do Batista).

15 comentários:

  1. acho que os incomodados com a pena deveriam pedir pra rge tirar os postes e lixeiras da calcada!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um poste ou uma lixeira nao ocupa 1/3 do tamanho que é aquela "Pena", se tu fosse um cadeirante ou deficiente visual tua opinião seria diferente. 👍

      Excluir
    2. Verdade.Só que lixeiras tu achas onde? Somente as residenciais que são colocadas adequadamente. Públicas tem onde? No calçadão, Rua dos Poetas e onde mais?

      Excluir
  2. Até que enfim alguém com bom senso. Desperdício do dinheiro público? Claro que não. Nosso dinheiro.

    ResponderExcluir
  3. Pena que essa PENA pareça mais é com uma folha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente tens razão. Achava parecido com alguma coisa, menos com penas e agora concordo. Ridículas.

      Excluir
  4. Ao invés de ficarem colocando "Penas" no meio de calçadas, sem fundamento por que um cadeirante nao conseguiria passar por ali, Deveria melhorar pelo menos os asfaltos da entrada da cidade(Posto Batista).

    ResponderExcluir
  5. Além de ser um gasto público em bobagem atrapalham os pedestres na passagem de calçadas, ao invés de a prefeitura se preocupar em colocar pena na rua porque não vai atrás de empresas e indústrias para Santiago e acabam de vez com esse bairrismo que é Santiago na hora do emprego.

    ResponderExcluir
  6. Fico louco com tanta ignorância e burrice. Ser contra monumnetos e embelezamento da cidade é ser contra limpar e deixar sua casa bonita. Bando de falastrões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monumento e uma coisa agora um obstaculo para as pessoas deficientes è outra bem diferente espero que voce nunca precise usar uma cadeira
      de rodas seu ignorante

      Excluir
    2. Que embelezamento da cidade? Vai pros bairros pra tu ver como estão belos.

      Excluir
  7. O responsável e técnico inclusive, o Secretário da pasta, deveria ser responsabilizado, por um erro absurdo destes, e todas as custas dessa palhaçada ser descontada do salário (mal pago) à ele.

    ResponderExcluir
  8. É muito difícil pra população compreender que o dinheiro que vem para as penas só pode ser utilizado pra este tipo de coisa? Vem do estado ou da união com este propósito e deve ser prestado contas e devolvido o que sobra. Nada a ver estes comentários sobre "ao invés de penas, fazer blablabla". Com certeza a administração está lutando para conseguir recursos para as outras necessidades do município, mas não é a coisa mais facil do mundo.

    ResponderExcluir
  9. A foto da entrada da cidade ta linda, sem dúvida, mas aquela buraqueira ali no calçamento, que vem de longo tempo, poderia\deveria ser melhorado. Acho que não demanda muito custo. Como está, deixa uma impressão ruim para quem ta saindo da cidade.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta