Apoiam este projeto:

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Pérolas da Câmara de Santiago

Missa de abertura
(por J.Lemes)
Hoje ouvi até a pequena missa na abertura dos trabalhos. O Cid Moreira pedia para o Pai derrotar nossos inimigos. E não era só isso; pedia para derrotar e humilhar. Ora, se Deus é perdão e amor, como pode alguém pedir isso? O certo não seria pedir que nos proteja dos nossos inimigos?

Depois seguiu-se a sessão com muita "questão", palavra das mais repetidas por quase todos.  

O poeta Tadeu Martins ocupou a tribuna e fez o convite para o Rodeio dos Poetas que acontecerá dias 24 e 25 de junho, no CTG Coxilha de Ronda. A iniciativa é da Academia Santiaguense de Letras e da Estância da Poesia Crioula, de Porto Alegre.

Davi Vernier (PP) ocupou o lugar do presidente Peru que foi acompanhar o pai, levado doente a Santa Maria.

Falando em Davi, o nosso galo do PP adora comer letras. Chamou a América Latina Logística (ALL)  de "AL". É a lei do menor esforço...

Só pra lembrar, o Peru (PP) segue sendo o presidente. O Davi só o substituiu e não é "presidente em exercício". Ele é o vereador Davi no cargo de presidente.   

Dionathan (PP) justificou a viagem a Porto Alegre para convidar o governador para a Fecoarti. Disse que aquela chusma de vereadores do PP foi avisar o secretário de Transportes que as rodovias 168 e 377 estão ruins.

Eva (PMDB) disse que "assim, óh", que as pessoas estão acumulando lixo em casa e não fazem direito a separação.

O Batista (PP) virou um informativo do esporte santiaguense. Bom, mas pelo menos não ficou dizendo bobagens nem defendendo ou elogiando seu partido. Ah, claro, e disse também que a viagem a Porto Alegre foi muito importante.

Rafael (PSD) se defendeu das críticas que sofreu quando ajudava um menino donte, que seu ato teria sido para se promover. Ainda respondeu: "Quem tem 60 mil seguidores na internet não precisa usar essas coisas como promoção."

 Rafael também destacou que só em maio Santiago teve mais de 30 acidentes de trânsito. Em muitos casos os motoristas estavam bêbados. Por isso, Santiago deve ter o programa Balada Segura.

Outros nobres quase nem falaram, caso do Décio (PP) que "usufluiu" pouco  do espaço de tribuna. 

4 comentários:


  1. Penso que não se pode esperar muito de Câmaras Municipais em cidades pequenas e mesmo médias até por a nossa GRANDE CÂMARA DE VEREADORES localizada na Praça da Matriz em Porto Alegre, ano passado criou Lei instituindo o DIA DO OVO E DA GALINHA. O filósofo que desgoverna o Estado, hoje passeando no Japão sancionou tal lei.
    Essas sumidades esqueceram-se de incluir na tal lei o ÓVULO. Isto mesmo, o ÓVULO vez que as galinhas hoje criadas em grandes aviários são vítimas de violência eis que privada da saudável pratica do sexo e assim excretam tão somente ÓVULOS. Depois desta passei a desprezar os tais legisladores. Interessante que os grandes meios de comunicação simplesmente ficaram calados, pois não creio que nos mesmos não haja quem tenha capacidade de pensar. E assim segue a vida nesse Estado ‘gáucho’ enchendo os cofres da maldita RB$, de$one$ta por que $onegadora.

    ResponderExcluir
  2. A maioria dos vereados esta lá só pelo dinheiro no final do mês, infelizmente é essa realidade, queria ver se ganhassem um salário mínimo e não tivesse nenhuma regalia se estariam lá?! vejo dois ou três trabalhando o resto só faturando!

    ResponderExcluir
  3. Na questão do nome da ALL, sinto informar que além do nobre vereador, o editor deste blog também errou o nome da empresa. O nome certo é RUMO - A nova companhia, resultante da fusão entre Rumo e ALL, nasce com 12,9 mil quilômetros de malha ferroviária, 19 milhões de toneladas de capacidade de elevação no porto de Santos, 966 locomotivas, 28 mil vagões, 11,7 mil funcionários diretos e indiretos.
    É ISSO! APRENDENDO PARA INFORMAR!

    ResponderExcluir
  4. Balada Segura o assisense agora aposentado Tenente Ramos fazia em Santiago, esse era bom de serviço!

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta