Apoiam este projeto:

terça-feira, 11 de julho de 2017

De cambito de fora não paga

O Ministério da Justiça decretou: ingresso feminino e masculino obrigatoriamente precisa ser vendido pelo mesmo valor. Essa de mulher pagar menos vai acabar. Em Santiago tem gente inovando. Nesta sexta (14) haverá um bailão no Clube Sete com entrada liberada para a mulherada que chegar até a meia-noite usando minissaia. O que os promotores do evento querem com isso? Tirar o valor delas na entrada.

2 comentários:

  1. Me criei perto do clube 7, e ouvia as propagandas na época (anos de 94 a 97 eu acho), sobre as festas de mini saia, e as mulheres que passavam em frente de casa ia praticamente sem roupa para esses eventos. Me surpreendo acontecer esse tipo de evento ainda. A vulgarização das mulheres, me surpreende também ter mulheres que caem nessa de não se valorizarem. Mulher para ser atraente não necessita ser vulgar.

    ResponderExcluir
  2. Ola mas não pedindo p/ irem com roupa curta elas já vão, imagina hoje, vão ir só de fio dental,

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta