Apoiam este projeto:

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Poucas e boas da semana

O tamanho da cuia
(J.Lemes) Dizem os mais entendidos que cuia grande é ostentação, mania adotada pelos gringos. Também dizem que intelectual, gente fina etc., mateia em cuia pequena. Quanto menor o tamanho, maior a sabedoria do peão. Seria por isso que o nosso cantor, poeta e historiador Ataliba de Lima Lopes toma mate nesse poronguinho?

Frio (ou gelo) de renguear cusco?
Todo inverno trago esta curiosidade sobre o ditado “Frio de renguear cusco”. Ele nasceu por causa do gelo nas patas do animal, não propriamente pelo frio. Cada vez que ele sai na geada, as patas vão congelando, obrigando-o a erguer sempre uma delas até que o gelo derreta. Assim ele vai rengueando, rengueado....

Faixa de (in)segurança
Sobre os acidentes em Santiago, o comunicador Jones Dinis foi fez a melhor crítica; disse que a faixa não é um colete salva-vidas, nem força invisível em torno da pessoa. Existem regras para o motorista, entretanto, a atenção do pedestre tem que vir em primeiro lugar. Carro não é brincadeira!
Obs. A propósito. Como andam os radares na cidade? Alguém já multou alguém ou o anúncio do seu uso era só uma piadinha, prefeito?

Fora, Guto. Mas de novo?
Sobre futebol, sou obrigado a dizer sempre a mesma coisa; deixem os times sem técnicos. Chamam um e mais outro e ninguém presta. Nas primeiras derrotas, fora, fulano, fora, beltrano! O incrível é que dali a três, quatro meses já estão pegando aquele que já não deu certo. É não ter o que falar!

Eita, mundinho!
Outra coisa curiosa é que o futebol imita a política. Ninguém mais consegue discutir sem brigar, sem xingar, sem maldizer os outros. Aliás, poucas são as pessoas que conseguem debater um assunto sem agressividade. Seria pouca inteligência ou nervos à flor da pele?
Como diz o meu tio: quando o cachorro se coça pode ser sarna ou pulga. Às vezes poder ser os dois.

Nesta semana dois antigos professores foram pra rua lá da URI? Quem são? Motivos? Veja tudo no Expresso.


Você não vale nada mais eu gosto de você...
Durante a homenagem ao ex-prefeito Cassio Peixoto em Unistalda houve um fato inusitado. Na hora em que o deputado Heinze usava a tribuna, um telefone disparou com a musiquinha “Você não vale nada mas eu gosto de você”. De quem era o telefone? Do conhecido, popular e famoso comunicador, o progressista roxo Valter Leiria. Pior é que ele não sabia desligar o tareco. Agora fiquei é não gostando dele.

Batata quente em São Vicente
Será que a festa da batata-doce não virou uma batata quente? Foi muito gasto, e o lucro? Se não sobrarem dívidas, não é nada! Veja os detalhes no Expresso.

Nova Pauta - Humor 
O filho, falando todo atravessado, meio fanho, chega para o pai diz: “Eu fui adotado? Sim! Mas eles devolveram você pra gente!

Palhaçada na Câmara
Esta pérola vem de Manoel Viana: os vereadores colocaram uma placa proibido uso de celular na câmara. Como nem eles mesmos seguiram as regras, acharam melhor trocar a placa para “deixe no silencioso”. O jornal fez uma crítica e, “proque foi”: uma das vereadoras (a Catiane) disse que o nosso trabalho era uma “palhaçada”. Perguntamos; e o dela, o que é? Cadê o exemplo de quem faz e fiscaliza as leis? (Detalhes no Expresso).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta