Apoiam este projeto:

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Presos em Santiago podem ser dos Bala na Cara


A polícia santiaguense recebeu informação de que havia um carro estranho no centro com quatro indivíduos. Um Ônix de Guaíba foi localizado na Barão do Rio Branco, (lateral do Hotel Vila Rica) sem ninguém dentro. Os policiais esperaram os quatro suspeitos se aproximarem do veículo e abordaram.
Eles resistiram e precisaram ser algemados. Daniel da Silva Fagundes (35 anos), Carlos Felipe dos Santos (20 anos) Lucas Cristiano Teixeira Salamoni (22 anos) e Getúlio Rigão Júnior (39 anos) foram levados, juntamente com o veículo, à Delegacia para averiguações. Lá, os policiais localizaram no compartimento da lataria do automóvel 12 tijolos de maconha (mais 7kg), dois revólveres 32 (municiados), duas camisetas da Polícia Civil e munições calibre 38.

Os quatro, que já têm passagens por diversos crimes, irão para o presídio. Conforme a polícia, dois deles podem ser integrantes da facção Bala na Cara (Porto Alegre). A suspeita é que a quadrilha iria tentar praticar assaltos na cidade, já que eles andavam pelo calçadão observando o comércio e um deles tinha um cartão de uma joalheria do centro. Atuaram nas prisões policiais civis e militares, coordenados pela delegada Débora Poltosi.

6 comentários:

  1. Em Santiago não se cria bala na cara nem taio na bunda seja lá o nome que for bandido aqui é na cadeia.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos nossos polícias.

    ResponderExcluir
  3. parabéns as nossas policias..

    ResponderExcluir
  4. Parabéns aos nossos policiais!!!




    Parabéns aos nossos policiais pelo belo trabalho!!! Que continuem assim!!!

    ResponderExcluir
  5. concordo ,a populacao de bem esta com a policia ,cadeia e que nem coracao de mae sempre cabe mais um..'quem poupa o lobo sacrifica a ovelha.'

    ResponderExcluir
  6. Parabéns a nossa polícia Civil de Santiago pelo Belo trabalho que vem fazendo no combate ao crime organizado

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta