Apoiam este projeto:

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Santiago ganha mais quebra-molas

A Prefeitura instalou mais quebra-molas, também chamados de faixas elevadas. Nesta semana foram construídos dois; um na rua Pinheiro Machado (esquina com a General Canabarro) e o outro fica na Bento Gonçalves (esquina com a Benjamin Constant). O secretário Haroldo Pouey (Obras) diz que são muitos pedidos de moradores e empresários solicitando os quebra-molas. “Recebemos quase um pedido por quadra, mas fizemos um estudo técnico e avaliamos os pontos de maior risco como em avenidas asfaltadas ou perto de escolas. A cidade não precisaria disso, mas nos obrigamos em função da má educação dos motoristas”, diz ele.

3 comentários:

  1. E as ruas dos bairros como fica, a de entrada para o jardim dos eucaliptos que precisa ser consertada bem no pontilhão que sobe para o bairro onde a chuva a um ano atrás desmanche as pedras estão amontoadas, a ponte com a cabeceira dando bordada na suspensão dos veículos e tantas ruas pela cidade precisando de nivelamento nos calçamento depois do ruivo parou tudo.

    ResponderExcluir
  2. Se tem fundamento um quebra mola Beem na subida.. Em frente as escolas tudo bem, mas em uma subida, por favor né.. Não adianta muito enxer de quebra mola as ruas se os Pedestres também não respeitam muito e só porque ali existe uma faixa atravessam sem olhar pros lados. Todos tem que se conscientizar, nem sempre só o motorista é o errado da História.

    ResponderExcluir
  3. Também devem tirar estacionamentos OBLIQUO NAS RUAS:
    Dr. RIVOTA EM FRENTE AO GRÊMIO SUBTENENTES E SARGENTOS SANTIAGO;
    RUA QG;
    RUA PINHEIRO MACHADO DA CAIXA ECONÔMICA ATÉ A SINALEIRA

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta