Apoiam este projeto:

terça-feira, 22 de agosto de 2017

A professora “dilacerada”

Santa Catarina - Repercute em todo o Brasil o caso da professora Márcia Friggi, 52 anos, que foi agredida por um aluno de 15 anos dentro da escola em Indaial, Santa Catarina. O adolescente desferiu socos contra ela após ser expulso da sala por mau comportamento. Em seu Facebook, Márcia compartilhou fotos de seu rosto machucado e relatou o diálogo com o estudante antes da agressão.

Desabafo
"Ele estava com o livro sobre as pernas e eu pedi: 'Coloque seu livro sobre a mesa, por favor'. 'Eu coloco o livro onde eu bem quiser'. 'As coisas não são assim'. 'Ahhh, vai se f*'. 'Retire-se por favor'. Ele levantou para sair, mas no caminho jogou o livro na minha cabeça. Não me feriu, mas poderia. Na direção eu contei o que tinha acontecido. Ele retrucou que menti e eu tentei dizer: 'Como, menti? A sala toda viu'. Não deu tempo para mais nada. Ele, um menino forte de 15 anos, começou a me agredir. Foi muito rápido, não tive tempo ou possibilidade de defesa. O último soco me jogou na parede", relatou ela, dizendo estar "dilacerada" com o que aconteceu.

Professora já era famosa nas redes 
O Nova Pauta repudia a ação desse aluno marginal que deveria ter sido educado em casa, não ser jogado na sala para atormentar quem trabalha. Mas como tudo tem o outro lado, convém dizer que essa professora é uma “boca-suja” na internet e por muita vezes incentivou a violência, usando até palavras chulas contra diversos políticos brasileiros. Esquece que a rede social é um mural. Esquece também que um professor precisa dar exemplos sempre!

3 comentários:

  1. comemorou uma agressão contra bolsonaro, este mesmo politico que é a favor da redução da maioridade penal! toma!!!!

    ResponderExcluir
  2. Para um aluno desinteressado nenhum professor Presta. Içami Tiba...É nas mãos desta geração que será nosso futuro. Essa professora foi corajosa de expondo, quantos casos não menos grave não vem à tona, seja por não se expor, seja abafar os casos...A lado do filho mal educado, sempre tem pais permissivos. Os professores em todos os sentidos são uns heróis. Essa geração da agora são os chamados parafusos de geleia, qualquer coisa que não conseguem, por pressão aos pais, se derretem todos. Sugam os pais o que da, sobre isso, Içami Tiba fala: Esses parafusos de geleia não levam em consideração a ética, a Civilidade e a gratidão filial, e mostram todo o seu Egoismo estilo Animal.

    ResponderExcluir
  3. Aplaudem os monstrinhos queridinhos da geração sei la o que... uma hora eles se rebelam coitadinhos
    Hormônios kkk

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta