Apoiam este projeto:

terça-feira, 1 de agosto de 2017

E tome greve dos professores. Será?

Representantes dos 42 núcleos do Cpers aprovaram greve dos professores estaduais por tempo indeterminado. A categoria deve ter uma nova assembleia geral na capital nesta sexta-feira, 4,  para fazer uma avaliação do movimento.

O que eles querem
Os professores reivindicam o fim do parcelamento de salários e a retirada das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 256, 257 e 258, que está na Assembleia para apreciação.

Parcelamento
Ontem, o governo estadual depositou 650 para cada matrícula como a primeira parcela do salário de julho. Ainda ontem o secretário Giovani Feltes informou que o governo decidiu não pagar a parcela da dívida com o governo federal de 142 milhões para poder  depositar mais 450 nas contas dos servidores nesta terça. (F: Diário de Santa Maria)

Um comentário:

  1. Apoio total a greve dos professores e tenho certeza que é o que as demais categorias do funcionalismo publico deveriam fazer encruzar os braços porque não é possível de aguentar mais isso. Governo do PMDB é a pior porcaria que pode existir. Espero que o povo acorde nas próximas eleições e tenha consciência que falta de dinheiro afeta a todos sem exceção.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta