Apoiam este projeto:

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Temer se salva garreado

A Câmara federal engavetou a denúncia por corrupção passiva apresentada pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra Temer. O Planalto  conseguiu o quórum mínimo de votantes com o voto de Paes Landin (PTB-PI) e impedir que a oposição chegasse aos 342 votos necessários para o andamento do processo. Uma vitória matemática.

Isso  significa que os deputados negaram que o Supremo Tribunal Federal (STF) pudesse decidir se processava criminalmente o presidente. Após rejeição da Câmara, Fachin decidirá futuro da denúncia contra Temer. É bom lembrar que a maioria da bancada gaúcha foi contra Temer, que havia sido denunciado por receber propina do grupo J&F, controlador da JBS. (Foto: Rádio Gaúcha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta