Apoiam este projeto:

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Brigada acaba com a farra dos bagaceiras

Empresário parabenzia
Santiago - O empresário Amilton Ferreira agradeceu à Brigada Militar. No domingo, 03, vândalos desciam pela Bento quebrando garrafas e chutando grades, portas e aos gritos. “Dali a um pouco logo chegaram duas viaturas e terminaram com a  farra dos bagaceiras”, disse ele. A Brigada, mesmo com os salários parcelados e outras dificuldades, continua firme a sua nobre causa.
Obs. Outro problema na Bento são os rachas aos finais de semana.

2 comentários:

  1. concordo com o amiltom e bem assim mesmo moro duas quadra para cima e sexta e sabado e um anarquia so som racha e outras coisas mais isso porque a conviniencia do posto nao tem limite de horario neste final de semana passdo ate uma viaturaa da brigada se envolveu numa batida em frente ao posto famoso

    ResponderExcluir
  2. Ao anonimo ai acima, tambem concordo com tua colocaçao, mas aqui no ALTO DA BOA VISTA tbn aos finais de semana nao perde em nada para esta narquiazinha dai da bento,basta dar uma circulada a pé , e´claro para ficarem perplexos com as correrias das camionetes que mais parece maria fumaça poluindo ar e os ouvidos com a sonzeira e na segundae´aquela montoeira de garrafas longnech rolando na beira da rua, inclusive em frenre da casa do presidente do tribunal de contas pode?

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta