Apoiam este projeto:

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Crime de Unistalda: réu pegou sete anos

Na última quinta aconteceu o júri mais esperado pela comunidade de Unistalda; o crime das carreiras, ocorrido em 2009 numa briga em Nazaré. Rafael Pinheiro, 25 anos foi morto por João Elpídio Viana, 38, após um desentendimento.  O pai da vítima, Darcy Campos Pinheiro, 72, também foi ferido. 
O réu acabou condenado em sete anos, mas pode apelar em liberdade.

Na defesa atuou a Defensoria Pública;  na acusação, a promotora Sílvia Miron assistida pelos advogados Dionísio da Costa e Isaque dos Santos Dutra.

O crime - Na época, vizinhos disseram que não viram nada porque as carreiras já tinham acabado e muita gente tinha ido embora. Disseram também que alguns amigos estariam planejando um jantar na casa de Elpídio, momento em que Rafael teria dito que não queria “bagaceira” em sua casa, referindo-se a Elpídio. A partir desse momento a briga começou e muitos tiros foram trocados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta