Apoiam este projeto:

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

A região contabiliza os prejuízos

O vendaval na madrugada de quinta deixou rastro de destruição em toda a região. Muitas cidades ainda estão sem luz, água e as prefeituras auxiliam os atingidos. O tempo colaborou e muita gente trabalha na reconstrução de suas casas. Na BR 287 muitas árvores caíram sobre a rodovia, principalmente no trecho Santiago/Jaguari. Equipes trabalharam todo o dia para liberar a estrada à noitinha.


Doação de colchão
Em Santiago houve estragos em dezenas de residências. Conforme o Desenvolvimento Social, está sendo feito um levantamento das famílias que perderam tudo (casa e móveis), sendo que até o momento se verificou que foram cinco, mas esse número pode aumentar com informações vindas do interior. A secretária Denise Cardoso pede doação de colchões (ítem mais urgente) para ajudar as pessoas que não tem onde dormir. As doações podem ser encaminhadas para a Secretaria de Desenvolvimento Social. Depois, será feita campanha para se arrecadar móveis. Fone: (55) 3251-4494

Interior no prejuízo
Os prejuízos a também foram sentidos no interior. Conforme a Emater, famílias rurais que trabalham com a produção de hortaliças tiveram perdas de mais de 70% de suas estruturas. Na parte das lavouras, a Emater acredita que houve perda de 20% na produção de trigo, que também já soma prejuízos anteriores causados pelo granizo."Foram muitos danos nos ambientes protegidos, galpões, estufas e hidroponia. Estamos fazendo um levantamento para depois apresentar laudo no Banco do Brasil e intermediar um auxílio para os produtores", relatou Dairton Lewandovski, técnico da Emater.(foto;Lucas/Emater).

Nova Esperança sem comunicação
A cidade foi uma das mais atingidas na região. Os estragos foram em centenas de casas, escolas e no comércio. Pelas ruas, muitas árvores e postes caídos. O estoque de lona não foi suficiente e a Prefeitura precisou buscar auxílio em Santiago.  A população ainda está sem luz, água e telefone e não há previsão de retorno dos serviços.


São Chico vai decretar emergência
Os estragos ainda estão sendo contabilizados, mas o número de moradias com danos materiais já passa de 900. Na tarde desta sexta, 20, o prefeito Paulinho Salbego se reuniu com o coordenador da Defesa Civil Regional, Major Castro, para iniciar o decreto de emergência. Toda a documentação será enviada ao governo do estado e posteriormente ao governo federal. Esses tramites são para a liberação de materiais para todas as famílias atingidas.





O rastro do temporal em Jaguari
Dois anos depois do vendaval que arrasou a cidade, novamente um temporal atingiu Jaguari na madrugada desta quinta e causou muitos prejuízos. A Defesa Civil do município está fazendo um levantamento dos estragos. Dezenas de casas foram destelhadas, árvores e postes caíram e várias pessoas ainda estão sem luz. Os mais castigados foram os moradores do interior, onde os estragos com estufas de fumo, galpões, maquinários e lavoras somam milhões de prejuízos.





Em São Vicente houve estragos em toda a cidade e interior. O município ficou sem água e luz. As poucos a energia está sendo restabelecida (foto abaixo da Rádio São Vicente).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta