Apoiam este projeto:

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Aécio livre, leve, tranquilo...

O Senado derrubou (por 44 votos a 26) a decisão do Supremo que havia determinado o afastamento de Aécio Neves (PSDB) do mandato de senador. Com isso, Aécio poderá retomar as atividades muito tranquilo.

Teve senador vindo até de ambulância para dar o voto em favor do colega. Ora se eles iriam contra se a maioria também está com a cola presa!  

Vergonha
O senador Ricardo Ferraço, que também é do PSDB, era favorável ao afastamento do correligionário. “Tenho vergonha de ser político. Vou me licenciar do mandato. Estamos fazendo exatamente aquilo que o PT fazia e nós condenávamos. Estou fora”, disse o tucano.

As acusações
Aécio foi denunciado com base nas delações do grupo J&F, que controla a JBS, acusado pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Segundo a Procuradoria geral da República, o tucano pediu e recebeu 2 milhões da JBS como propina e atuou em conjunto com o presidente Michel Temer para impedir o andamento da Lava-Jato.

Obs. O pior não é essa absolvição fajuta. O pior é que em 2019 ele concorre a deputado por Minas e se elege. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta