Apoiam este projeto:

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Bianchini quer justiça orçamentária entre os poderes

(por Miguel Bianchini)*  Estou reapresentando a PEC do duodécimo, aquela mesma do Governo Estadual que não obteve aprovação da Assembleia ano passado. O duodécimo são as parcelas mensais das dotações orçamentárias da Assembleia, Tribunal de Contas, Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, conforme orçamento estimativo aprovado no ano anterior.

Ocorre que a receita arrecadada pelo Estado está sendo menor do que a estimada e o Executivo é obrigado a repassar em dia as parcelas orçadas, Art 156 CE. Só neste ano, estima-se que o Executivo teve que bancar a mais aos outros poderes quantia superior a 600 milhões, valor suficiente para amenizar o pagamento de seu funcionalismo.

A proposta determina o repasse integral devido aos demais poderes condicionados a receita arrecada de cada mês. Já tenho 18 assinaturas de deputados, faltando somente uma para viabilizar o protocolo da PEC. (deputado estadual PPL)*

Um comentário:

  1. Mas vai arrumar alguma verba para Santiago, deixa de bla,bla,bla.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta